Facebook Twitter Gplus Flickr Pinterest LinkedIn YouTube E-mail RSS
magnify

Embraer

Home Diversas Brasil Avião da P-95 da FAB localiza veleiro holandês à deriva no Sul do país
formats

Avião da P-95 da FAB localiza veleiro holandês à deriva no Sul do país

A aeronave de patrulha P-95 da Força Aérea Brasileira (FAB), do 2º/7º GAV - Esquadrão Phoenix. (Foto: Sandro Bandeira Colaço / Cavok)

Uma aeronave de Patrulha P-95 da Força Aérea Brasileira (FAB), do Segundo Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (2º/7º GAV – Esquadrão Phoenix), localizou (1º/12) o veleiro holandês Rolleman, que se encontrava à deriva na região de Pelotas, a 350 km da costa.

O veleiro Rolleman, tripulado pelo holandês Albert Deschipper, de 72 anos, emitiu na quinta-feira (1º/12) pedido de socorro via satélite, desta vez no litoral do Rio Grande do Sul. A FAB foi acionada e utilizou uma aeronave P-95 Bandeirante Patrulha do Esquadrão Phoenix. O P-95 decolou da Base Aérea de Florianópolis (BAFL) às 16h40 para cumprir o padrão de busca solicitado pelo Salvaero, e às 18h25, localizou o veleiro. Uma embarcação mercante foi acionada, e a aeronave guiou-a até o ponto de resgate.

O veleiro holandês localizado pelo Bandeirulha da FAB. (Foto: Sargento Seelig / FAB)

“O mar estava muito revolto, e a visibilidade prejudicada. A embarcação estava bastante avariada, com as velas rasgadas. Foram realizadas chamadas pelo rádio, mas não se obtinha resposta. Ao perceber que havia um avião sobrevoando a área, o comandante do veleiro entrou em contato com a tripulação, demonstrando alívio e agradecimento por o termos encontrado”, contou um dos pilotos da aeronave, Tenente Aviador Wanderson Carlos de Oliveira.

Por causa das condições do mar e com o cair da noite não foi possível a embarcação mercante fazer o resgate do velejador na noite de ontem. Por esse motivo, a aeronave da FAB decolou novamente no início da manhã de hoje, às 4h30, da Base Aérea de Florianópolis, para dar apoio à missão de resgate.” Quando chegamos ao local, os ventos não estavam tão fortes, mas as ondas chegavam a quase seis metros de altura. A embarcação estava com as velas rasgadas.O velejador nos informou pelo rádio que ficou sem combustível, mas que o seu estado de saúde era bom”, ressaltou o Capitão Aviador Gustavo Henrique Tannino Vissentini, comandante da aeronave.

Fonte: Agência Força Aérea/BAFL

 

8 Respostas

  1. Wolfpack

    Viroou moda o resgate de veleiro Holandes no Atlântico Sul? Poderíamos mandar a conta pro Governo Holandês. Os Bandeirulhas ainda na ativa… Não dá pra comprar uns Brasília, ou alguma coisa mais moderna? O risco deve ser enorme de se ainda voar nestes equipamentos.

  2. Nick

    Será que era o "Holandês Voador"?? :D

    E os EMB-111 ainda dando caldo… Mas concordo com o Wolfpack, já deveriam ter dado baixa. Talvez seus substitutos seja uma versão dos futuros UAVS da Embraer otimizados para Patrulhamento Marítimo.

    []'s

  3. Ótimo e corajoso trabalho. Fernando sempre bom ler notícias dessas. Belo esforço, parabéns pelo blog, leitura diária. Ao comandante, tu tens sempre bons argumentos.

  4. Junior_SC

    Serao modernizados, nao lembro o numero de celulas mais passaram por retrofiti de grande monta…tudo pela embraer e novos paineis com eletronica AEL… agora se é o ideal isto são outros 500

  5. Symon

    Parabéns ao pessoal do Segundo Esquadrão do Sétimo Grupo de Aviação (2º/7º GAV – Esquadrão Phoenix).

    Mas se ao invés do P-95 Bandeirante Patrulha ele tivessem um P-3 Orion eles teriam achado uns três veleiros holandeses..rsrs (brincadeira)..

  6. Fred

    Tem que mandar a conta dos resgates diretamente para o Sr. Albert Deschipper, dono do veleiro. Esta é a segunda vez ,em poucos dias, que este holandês pede socorro e é localizado…

    Este mesmo cidadão já tinha se perdido na área da Bacia de Campos à 10 dias atrás, no Estado do Rio de Janeiro, quando foi socorrido por um P-3 :

    23/11/2011

    BUSCA E RESGATE- Nova aeronave da FAB encontra veleiro holandês
    http://www.fab.mil.br/portal/capa/index.php?mostr

    —————–

    tá ficando mal acostumado, talvez esteja na hora de parar de fazer grandes navegações em solitário, está com 72 anos …

  7. Lyon

    Coitado do holadêns, deixa ele. Pelo menos tá dando notícia, é a única maneira dos pilotos saírem para dar uma "voltinha", já que estão cortando horas de vôo até dos passarinhos…

Você deve estar logado para postar um comentário.