Facebook Twitter Gplus Flickr Pinterest LinkedIn YouTube E-mail RSS
magnify

Embraer

Home Militar Força Aérea do Irã coloca em operação o primeiro esquadrão de caças Saeqeh
formats

Força Aérea do Irã coloca em operação o primeiro esquadrão de caças Saeqeh

Publicado em 02/03/2010 por em Militar

Caças Saeqeh da Força Aérea da Irã.

Na última quinta-feira, dia 25, a Força Aérea do Irã colocou em operação seu primeiro esquadrão de aeronaves de caça HESA Saeqeh (Thunderbolt) fabricados no país. As aeronaves são fabricadas pela Iran Aircraft Manufacturing Industrial Company (HESA).

Dois caças Saeqeh fazem uma passagem sobre Teerã.

O comandante das operações da força aérea do exército General Seyed Mohammad Allavi disse que o esquadrão foi o primeiro esquadrão de caça equipado com as aeronaves e equipamentos feitos internamente no Irã, de acordo com a agência de notícias Fars.

Alavi não divulgou o número de aeronaves que começou a operar no esquadrão, mas disse que várias novas aeronaves de caça Saeqeh serão adicionadas numa data futura criando um esquadrão completo de 24 aeronaves.

As aeronaves Saeqeh do esquadrão poderão transportar diferentes tipos de foguetes, bombas e metralhadoras, e serão capazes de atingir alvos terrestres.

Desenvolvido como uma segunda geração do caça iraniano Azarakhsh (Lightning), o Saeqeh é uma caça a jato monoplace. A força aérea desenvolveu a aeronave em colaboração com o Ministério da Defesa do Irã.

Todos pilotos que voam as aeronaves Saeqeh passaram por treinamentos no Irã.

As aeronaves passaram com sucesso em testes como voo próximo ao nível do mar e de baixa altitude, e também de disparos em alvos a longa distância e de treinamentos com munição real. “O esquadrão é capaz de detectar e entrar em combate com aeronaves invasoras em contra qualquer tipo de caça,” disse Allavi.

O Irã planeja produzir uma quarta e quinta geração de aeronaves Saeqeh num futuro próximo.

O Irã apresentou seu primeiro esquadrão de caça Saeqeh num show aéreo realizado em setembro de 2009, no início da sagrada semana de defesa.

Nota do Editor: Será que os Blue Angels da U.S. Navy cederam os direitos da pintura dos F-18 Hornet para os Saeqeh do Irã?

 
Tags: ,

14 Respostas

  1. Ricardo

    É o F-5 com a traseira modificada. Nada mais!

  2. R_Cordeiro

    lembra mais o YF17, um ótimo projeto americano que ficou esquecido na história, mas os iranianos pelo jeito lembraram dele.

  3. nesvaldo

    Isso aí só vai ser mais um alvo no ar… é somente uma cópia levemente "melhorada" do f-5… boa sorte para os iranianos, mta sorte mesmo.

  4. cara si for mesmo uma copia melhorado do f-5 os americanos e israelenses tem di se preocupar sim pois o f-5 é sem duvida um dos melhores caças fabricados na historia ñ é atoa q mais de 25 forças aereas diferentes compraram este caça o brasil é um exemplo seus f-5 no exercicio cruzeiro do sul deram um baile nos f-16 da venezuela e nos mirage2000f da frança surpreendendo ñ só os brasileiros mas todos pq esse caça é velho temos de reconhecer mas ainda esta em otimas condições de defender nosso territorio parabéns aos iranianos belo caça

  5. senhor fantastico

    O mais importante e que eles FABRICARAM um caça, não importa se é uma copia ou é baseado em outro já existente, quando ISRAEL '' ROUBOU'' os planos do caça FRANCES mirage v, os sionistas e simpatizantes acharam o maximo, agora porque o iran, pais perseguido pelo PIG faz algo parecido é desonesto e menor.

  6. yes este caça é bom e tem um softw modificado que detecta caloria esterior se aproximando e contorna na hora exata para abatelo cuidado com ele!!!

  7. Fabio

    Oba, meu primeiro post aqui….

    Parabéns pelo Blog… Excelente!!!!

    Mas, sobre o caça: alguém sabe as especificações "básicas" dele como, velocidade, radar, alcance, armamentos, etc

    Obrigado.

  8. Milceir

    Mais um esforço do Irã em tentar a auto soficiencia tecnológica, pricipalmente na área militar. Normal e é por ai, porque ninguem irá equipar as suas forças. Este negócio de patente é uma piada, só vale para os medrosos. A China que o diga.

  9. vlad

    Ñ interessa se é uma replica do F5,o importante é que o irã fabricou um caça,o que muitos países ja tentam a muito tempo e ñ conseguiram ate agora,que o diga o brasil,que a mais de 3 decadas tenta construir um submarino nuclear que vem se arrastando aos tracos e barrancos e nada,que vergonha,tambem com lula e fernado henrrique?

  10. Geovani

    O Irã está colocando em pratica aquilo que representa a sua capacidade disssusoria. O Brasil tem condições de construir caças supersônicos sem precisar de auxilio de França, Suecia ou EUA. O maior empecilho do Brasil quanto a capacidade de se reequipar chama-se congresso nacional. Os políticos não tem interesse de direcionar dinheiro pra defesa militar pois esse dinheiro

  11. Geovani

    O Brasil teve uma parceria com a Italia e desse consorcio surgiu o caça subsonico chamado AMX. Devemos urgentemente adquirir tecnologia na construção de motores de aviões, turbinas. Realmente, precisamos confeccionar, ou melhor aprender a confeccionar esses motoresll. Por dependermos dos motores PRATT dos americanos, para instalar nos supertucanos deixamos de vender pros venezuelanos e os EUA ao proibir, os empurrou pra casa dos russos.

  12. luis

    Israel possui arma atômicas mas,o Irã détem forte poderio militar convencional que também causaria sérios estragos nos sionistas,possibilitando a entrada dos palestinos naquele paí ou seja,Israel teria que lutar em várias frentes.Quem sabe os persas não possuem também algumas ogivas nuclares?

  13. Luis Gonzaga C.Jr.

    Nós sofremos da síndrome de pequenes.E o pior não é só na area militar, infelizmente.

Você deve estar logado para postar um comentário.