Facebook Twitter Gplus Flickr Pinterest LinkedIn YouTube E-mail RSS
magnify

Embraer

Rafale e Typhoon são os dois finalistas na competição MMRCA

Publicado em 27/04/2011 por em Militar

Os caças Rafale e Typhoon são os dois finalistas da competição MMRCA.

Segundo o site LiveFist, a informação oficial é de que os caças Rafale, da fabricante francesa Dassault, e o caça Typhoon, do consórcio europeu Eurofighter, foram escolhidos para prosseguir na competição MMRCA da Força Aérea da Índia, a qual vai adquirir 126 aeronaves de combate médio. Os dois fabricantes confirmaram que foram chamados para comparecer nessa quinta-feira junto ao Ministério da Defesa da Índia para uma reunião onde serão informados sobre os novos passos do processo. Assim que tivermos maiores informações, estaremos informando aqui.

 

ILFC confirma pedido de 100 aeronaves Airbus A320neo

Publicado em 27/04/2011 por em Comercial

Concepção artística do Airbus A320neo nas cores da empresa ILFC. (Foto: Airbus)

A empresa de leasing aeronáutico ILFC confirmou hoje a encomenda de 100 aeronaves Airbus A320neo, após a assinatura de um acordo que havia sido anunciado no dia 8 de março de 2011.

O acordo entre a Airbus e a ILFC oferecerá uma maior flexibilidade no modelo que incluirá tanto aeronaves A320neo e A321neo.

O modelo A320neo está sendo oferecido como uma opção para família de aeronaves A320 e incorpora motores mais eficientes e grandes “Sharklets” nas pontas das asas.

De acordo com a Airbus, com este recente contrato, as encomendas do modelo A320 ultrapassaram as 7.000 aeronaves, sendo que a Airbus já recebeu um total de 332 encomendas para o modelo A320neo.

 

Aeronave UH-15 “Super Cougar” entra em operação na Marinha do Brasil

Aeronave UH-15 “Super Cougar” (Foto: Marinha do Brasil)

No dia 11 de abril, ocorreu a Cerimônia de Transferência de Subordinação da primeira aeronave UH-15 “Super Cougar” do Setor do Material para o Setor Operativo da Marinha. A solenidade ocorreu na Área de Pouso Administrativa (APA) da Base Naval do Rio de Janeiro e contou com a presença de autoridades civis e militares.

Na ocasião, o Diretor-Geral do Material da Marinha, Almirante-de-Esquadra Arthur Pires Ramos, fez a transferência da aeronave ao Comandante de Operações Navais, Almirante-de-Esquadra João Afonso Prado Maia de Faria, que presidiu a cerimônia.

Adquirido por meio de um contrato no qual o Ministério da Defesa receberá 50 Helicópteros EC-725BR, o UH-15 foi fabricado pela empresa EUROCOPTER, na França, e remontado nas instalações da HELIBRAS, em Itajubá (MG). Os UH-15/15A são helicópteros bimotores, capazes de operar em período diurno ou noturno sob condições de baixa visibilidade. Eles serão empregadas em Operações de Esclarecimento e Ataque a alvos de superfície e em Operações Especiais em proveito das Forças Navais. Capazes de detectar, localizar e acompanhar alvos de superfície, permitirão a identificação precisa de alvos e poderão realizar, ainda, ações de guerra eletrônica, busca e salvamento.

Nos próximos anos, mais quinze aeronaves com características e possibilidades semelhantes substituirão os seis helicópteros UH-14 “Super Puma” pertencentes ao acervo atual do 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-2). Esta incorporação faz parte do Programa de Reaparelhamento da Marinha do Brasil.

Fonte: Marinha do Brasil

 

Caça Mirage 2000 da Força Aérea Francesa auxilia aeronave A330 em emergência

Caças Mirage 2000RDI da Força Aérea Francesa. (Foto: SIRPA Air)

Na última quinta-feira, dia 21 de abril de 2011, um caça Mirage 2000 RDI da Base Aérea de Creil efetuou um auxílio em voo para uma aeronave comercial Airbus A330 francesa.

O A330, havia decolado do aeroporto de Roissy Charles de Gaulle (CDG) e estava a caminho de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo. Poucos minutos após sua decolagem, às 9h50 horário local, a tripulação notou um nível de dano do trem de pouso. Após nivelar a aeronave ao norte de Paris, os pilotos rapidamente tomaram a decisão de retornar para a pista. Eles colocaram o código universal de emergência para informar os controladores de tráfego aéreo. O alerta foi imediatamente detectado pelos militares do centro de detecção e controle de Cinq-Mars-la-Pile.

Às 10:08, as autoridades de defesa aérea ordenaram a partida do Mirage 2000 RDI de Creil para escoltar o avião. Os controladores de tráfego aéreo militar do aeroporto Roissy Charles de Gaulle realizaram um contato rádio com o A330 em perigo informando ele para se manter em contato na mesma freqüência de rádio. Dez minutos depois, a aeronave militar juntou-se ao A330. Posicionado a alguns metros abaixo da aeronave em perigo, o piloto do Mirage 2000 pode oferecer uma ajuda visual para a tripulação do avião civil, confirmando que o trem de pouso estava no eixo, estendido e travado, permitindo o pouso. Pouco antes das 11:00, o avião comercial finalmente pousou no aeroporto de Roissy Charles de Gaulle, de forma segura.

Esta ação ilustra a utilidade das tarefas confiadas à Força Aérea Francesa no monitoramento do território nacional, 24 horas por dia. Esse desempenho é possível graças à alta agilidade da rede de bases aéreas, centros de defesa aérea e de cooperação entre os controladores de tráfego aéreo militar e civil.

Fonte: SIRPA Air – Tradução: Cavok

 

Pilotos da companhia aérea japonesa ANA iniciam treinamento no 787

Publicado em 27/04/2011 por em Comercial

Dois pilotos da companhia aérea japonesa ANA a bordo do simulador do Boeing 787 Dreamliner. (Foto: Boeing)

A Boeing iniciou seu treinamento para os pilotos da companhia aérea japonesa ANA (All Nippon Airways) na aeronave 787 Dreamliner.

Dez pilotos começaram o programa de treinamento no começo de abril com instruções numa sala de aula em Tóquia. O treinamento nos simuladores serão realizados na unidade da Boeing Flight Services em Seattle.

Os pilotos estarão aptos a voar com as novas aeronaves entre 5 e 20 dias, dependendo da experiência deles e os pilotos das aeronaves 777 podem ser qualificados para voarem nos 787 em menos de cinco dias, devido ao nível de comunalidade entre os dois modelos.

A Boeing instalou uma rede de oito conjuntos de treinamento do 787 em Seattle, Cingapura, Tóquio, Londres Gatwick e Shanghai.

 

Aeronave C-115 Buffalo da FAB chega para ficar exposta do BROA

A aeronave C-115 Buffalo sendo descarregada nas instalações do BROA, interior de São Paulo.

O Instituto Arruda Botelho, em mais uma parceria com a Força Aérea Brasileira, recebeu uma aeronave Buffalo C-115, que deverá ser restaurada e totalmente equipada, tendo como finalidade, transformar-se em uma Sala de Cinema para trinta pessoas mais ou menos.

O Bufalo, em exposição estática permanente, depois de equipado, poderá receber escolas da região, ensino fundamental, para apresentar filmes que contem a história da aviação brasileira e mundial. Será um árduo trabalho, especulamos algo em torno de 18 meses de trabalho, envolvendo restauração, ambientação e cenografia.

A aeronave veio por terra, e foram necessários 4 carretas de piso rebaixado, para o transporte do PAMA até o Broa.

A aeronave C-115 Buffalo foi transportada via terrestre do PAMA São Paulo até as instalações do BROA.

Para sua montagem, além de guindastes, uma equipe especializada da FAB deverá fazer as honras, entregando a aeronave com suas rampas atuando, painéis e comandos acionando. O básico para dar a sensação de se sentar no comando de uma aeronave gigante.

São previstos recursos da ordem de 600/800 mil reais para restaurar o gigante, e mais um outro tanto para mantê-lo em condições de visitação anualmente.

O Instituto Arruda Botelho, buscará parceiros para apoiar a “MISSÃO”, e de fato exercer seu papel educativo e pedagógico junto aos idéias da aviação brasileira.

Para o Broa Fly-In 2011, a aeronave já estará pelo menos semi-montada, e será uma das atrações do evento.

FICHA TÉCNICA DA AERONAVE:

Características técnicas: Motor: 2 turboélices GE CT64-820-1 de 3.055 shp cada
Envergadura: 29,26m
Comprimento: 24,08m
Altura: 8,73m
Superfície alar: 87,8m²
Peso: 10.505 Kg vazio 18.598 Kg máximo de decolagem
Velocidade máxima: 435 Km/h
Teto máximo de serviço: 9.150m Alcance: 3.490 km – com carga máxima: 1.112 Km
Tripulação: 3 – piloto, co-piloto e loadmaster
Capacidade: 41 soldados equipados, 35 pára-quedistas ou 4.000 Kg dr carga
Performance: capaz de pousar em 300m e decolar em 500m.

 

Acidente com um Tracker S2T da Armada Argentina

Uma aeronave S-2T Tracker (Turbo Tracker) da Armada Argentina, durante operações no porta-aviões brasileiro A-12 São Paulo.

Um avião Grumman Turbo Tracker (Tracker S2T) da Marinha Argentina, se acidentou no último dia 20 de abril durante um vôo de treinamento na Base Aeronaval Comandante Espora. Ambos os pilotos ficaram feridos e foram removidos para o hospital da Base Naval Puerto Belgrano. Fontes não oficiais, entretanto, afirmam que os pilotos feridos são o tenente Ricardo Júnior e Diego Scrignar Schroeder.

A aeronave S-2T 0701/2-AS-22 (c/n 298C) Turbo Tracker depois do acidente em Bahia Blanca.

O S-2T 0701/2-AS-22 (c/n 298C), era pertencente à Escuadrilla Aeronaval Antisubmarina do Comando de Aviación Naval Argentina. As autoridades de imediato começaram a investigar as razões do acidente que ocorreu durante uma aterrisagem de emergência, e que resultou em danos significativos a estrutura da aeronave.

O capitão Raul Eduardo Pisciolari, diretor de Comunicação da corporação, disse que a aeronave tinha acabado de decolar da Base Naval Comandante Espora e logo após seus pilotos tiveram que realizar uma manobra de pouso de emergência.

Fonte: La Nueva provincia, via Hangar do Vinna

 

Acidente com um caça F-4 Phantom da Força Aérea da Turquia

Um caça F-4 Phantom II da Força Aérea da Turquia, similar ao que caiu nessa terça-feira, dia 26 de abril de 2011.

O Comando da Força Aérea Turca informou que um de seus caças F-4 Phantom II caiu logo após a decolagem durante um voo de treinamento na região central da Turquia, mas que seus dois pilotos escaparam sem ferimentos após a ejeção.

A aeronave de caça caiu dentro do perímetro da base próxima a cidade de Eskisehir nessa terça-feira, dia 26 de abril.

Os dois pilotos passam bem mas foram levados para o hospital para exames médicos. As causas do acidente estão sendo investigadas.

 

VÍDEO: Embraer 195 “Jambock Azul” sendo escoltado por dois caças F-5EM

Vídeo do usuário do YouTube dilsonjg da chegada da aeronave Embraer 195 PR-AYS, batizado de “Jambock Azul”, na Base Aérea de Santa Cruz, quando foi escoltado por dois caças F-5EM do 1° Grupo de Aviação de Caça, no dia 22 de abril, Dia de Aviação de Caça. Confiram as belas imagens desse voo feitas pelo nosso colaborador Peter Adamovich.

Dica do nosso amigo Coronel Antonio Ricieri Biasus.

 

IMAGENS: Airbus A320 da TAM com pintura especial da animação “Rio”

A aeronave Airbus A320-231 PT-MZN (MSN044) decolando do Aeroporto Internacional de Guararapes, em Recife, com a pintura especial da animação "Rio". (Foto: Newman Homrich / Cavok)

A TAM Linhas Aéreas, parceira promocional da 20th Century Fox no filme Rio, acaba de caracterizar um Airbus A320 de sua frota como Blu, a arara-azul protagonista da animação, como parte da campanha de divulgação. Veja a seguir outra imagem.

A aeronave A320 PT-MZN vai ficar pintada promovendo a animação Rio durante 14 meses. (Foto: Newman Homrich / Cavok)

A aeronave poderá ser vista a partir de hoje (26) em voos domésticos da TAM que partem ou chegam aos aeroportos do Rio de Janeiro (Tom Jobim/Galeão e Santos Dumont) e ao aeroporto de São Paulo/Guarulhos, assim como em voos de/para Buenos Aires e Santiago do Chile. O A320 temático ficará por 14 meses na malha da companhia.

Ainda nesta semana, em um dos voos com chegada no Galeão, os passageiros serão recebidos no desembarque pelos personagens Blu, Nico e Pedro, em tapete caracterizado como o calçadão da praia de Copacabana, em substituição à tradicional peça vermelha da TAM.

No interior, os compartimentos de bagagens de mão e as janelas receberam adesivos do filme Rio. (Foto: TAM)

A bordo, os cabeçotes de poltrona estarão personalizados com o tema do filme, assim como as janelas e os bins (compartimentos superiores para acomodação de bagagens de mão). No serviço de bordo, os sanduíches servidos receberão uma cinta com a arte do filme.

A animação Rio, dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha, já é recorde de público nas últimas duas semanas. (Foto: TAM)

Dirigido por Carlos Saldanha (da trilogia A Era do Gelo), Rio é ambientado na Cidade Maravilhosa. Blu é uma arara-azul domesticada, que nunca aprendeu a voar, e vive nos Estados Unidos. Sua dona, Linda, acredita que ele seja o último de sua espécie. Quando descobre a existência de outra arara, que mora no Rio de Janeiro, os dois partem para encontrar Jade, a única fêmea da espécie. Pouco depois de sua chegada, Blu e Jade são sequestrados por um grupo de atrapalhados contrabandistas de aves. Com ajuda da astuta Jade e de um grupo de pássaros, Blu consegue escapar. Agora, com novos amigos ao seu lado, Blu terá de buscar coragem para aprender a voar e estragar os planos dos sequestradores.

Rio estreou no último dia 8 de abril no Brasil, e já levou 4,3 milhões de espectadores aos cinemas e arrecadou RS$ 48,7 milhões.

Fonte: Assessoria de Imprensa da TAM

Nota do Editor: Agradecemos ao fotógrafo Newman Homrich pela autorização do uso das imagens exclusivas e ao nosso colaborador Wagner Damasio pela informação e por conseguir a imagem.

 

Segundo Boeing 747-8 Intercontinental inicia testes de voo

Publicado em 26/04/2011 por em Comercial

O segundo Boeing 747-8 Intercontinental (RC021) decola de Paine Field para seu voo inaugural. (Foto: Boeing)

O segundo Boeing 747-8 Intercontinental, RC021, com sucesso efetuou seu primeiro voo hoje. A aeronave faz parte da frota de duas aeronaves de testes para o programa 747-8 Intercontinental, e após os testes, e uma completa revisão, será entregue para companhia aérea alemã Lufthansa, motivo pelo qual apresenta uma pintura branca com o leme na cor azul. Para ver um vídeo do primeiro voo, clique aqui.

“Essa é outra grande marca de nosso programa de testes e mostra o progresso que nós estamos tendo rumo a entrega da nossa nova aeronave de passageiros,” disse Elizabeth Lund, vice presidente e gerente geral do programa 747.

Pilotado pelos comandantes Keith Otsuka e Ron Johnston, com Ralph Chaffin servindo como operador de sistemas e Greg Lichneckert como analista de voo, a aeronave RC021 decolou às 9:26 horário local em Paine Field, Everett, Washington. A aeronave completou um voo de três horas e 20 minutos, pousando às 12:46 em Paine Field. Durante o voo a aeronave atingiu uma altitude de 28.000 pés (8.534 m) e uma velocidade de 275 kts, ou cerca de 509 km/h.

A aeronave 747-8I RC021 será utilizada basicamente para testes de diversos sensores internos que estarão presentes nas aeronaves Intercontinental, tais como aquecimento, ventilação e ar-condicionado, detecção de fumaça e galleys. Adicionalmente a Boeing vai conduzir testes de consumo de combustível e de funcionamento e confiabilidade dos equipamentos. O programa de testes do 747-8 Intercontinental vai demandar aproximadamente 600 horas de voo.

 

Aviação Virtual

Virtual Marco Ferreira
Aumentando a “realidade” do seu simulador com o A-29 Super Tucano e o Track IR
Saiba como ter o addon do Super Tucano no seu FSX e conheça o dispositivo Track IR para aumentar a realidade de seu voo virtual.

Histórias da Aviação Comercial

Virtual Marcelo Magalhães
Um Boeing 707 voando há mais de 50 anos
Conheça a trajetória de mais de 50 anos de operação de um Boeing 707-138B que atualmente está voando na África.

Asas Antárticas

Virtual Oswaldo Claro
Sempre alerta
Vocês sabiam que a FAB mantém equipamento e pessoal em alerta 24 horas em TODOS os seus esquadrões? Saiba mais aqui.

Notice: Undefined offset: 0 in /home/content/05/8942405/html/blog/wp-content/themes/ifeaturepro/core/actions/twitterbar-actions.php on line 90

No tweets to display