O KC-46 Pegasus da Boeing é uma das opções avaliadas pela IAF. (Foto: USAF)

Conforme uma decisão sobre a aquisição de novos aviões-tanque para a Força Aérea Israelense (IAF) torna-se crítica, duas opções são o tema de um acalorado debate dentro do Ministério da Defesa do país.

A IAF fez um pedido imediato de pelo menos duas aeronaves de reabastecimento em aéreo, tendo previamente identificado como uma necessidade urgente a substituição de seus antigos aviões Boeing 707 adaptados para a missão.

As opções para o requerimentos incluem o KC-46A Pegasus baseado no Boeing 767, e a conversão de aviões 767 pela Israel Aerospace Industries (IAI).

O ministério terá de avaliar os detalhes e tomar uma decisão rápida para responder às necessidades operacionais da força aérea“, diz uma fonte israelense. “O debate atual é entre aqueles que querem usar um orçamento de financiamento militar estrangeiro dos EUA para comprar novos aviões-tanque e outros que acreditam que usando aeronaves convertidas seria uma solução mais rentável.


FONTE: FlightGlobal

6 COMENTÁRIOS

  1. se comprarem da Boeing, como poderao vender seu produto e dizer que eh bom?

  2. Estes Boeing 767 precisavam sim ser invisíveis aos radares inimigos. São alvos fáceis.

Comments are closed.