Northrop A-9A
Northrop A-9A

O Northrop A-9A era um avião de ataque ao solo que concorreu contra o A-10 no início dos anos 1970 no programa AX.

A exigência da Força Aérea era para uma aeronave dedicada de Apoio Aéreo Aproximado (CAS – close air support) e ataque ao solo como capacidade secundária. Também deveria ser capaz de operar em pistas curtas e não preparadas e um longo tempo de permanência na área do campo de batalha. O modelo deveria ter uma velocidade de cruzeiro relativamente alta a fim de partir diretamente de sua base rumo as hostilidades.

A Força Aérea emitiu um pedido de proposta para 12 fabricantes de aeronaves. Seis empresas responderam com projetos específicos e duas empresas foram selecionadas para construírem protótipos para uma competição de fly-off.

Northrop A-9A

A Northrop foi uma das empresas selecionadas, juntamente com a Fairchild Republic. O modelo da Northrop foi designado A-9, enquanto que a aeronave da Fairchild foi designada A-10.

O vencedor do AX teria de incorporar o canhão GAU-8 de 30 milímetros nos modelos de produção. O canhão estava em desenvolvimento paralelo durante a competição AX e não ficou pronto para os testes de voo durante o fly-off entre outubro e dezembro de 1972.

O A-9A era um avião monoplace, bimotor e dotado de asa alta. Projetado para fornecer uma plataforma extremamente estável para precisão de bombardeio e ter maneabilidade excepcional. O avião tinha grandes superfícies de controle de voo. Os motores foram projetados especificamente para a concorrência pela Lycoming. Cada um dos turbofans YF102-LD-100 desenvolvia 3 400 kg de empuxo seco. O motor também foi projetado para ser extremamente durável e resistente, uma vez que a maioria do tempo o voo seria perto do chão, ao alcance das armas inimigas.

278-1

O A-9, assim como o A-10, possuía muitos “pontos duros” para armamento sob suas asas para até 7 500 kg de material bélico. Os cabides e suportes eram compatíveis com quase todos os equipamentos no inventário da Força Aérea.

Todos os sistemas de controle de voo eram duplicados e todas as áreas vitais eram protegidas com uma armadura de liga de alumínio de 3 a 6 centímetros. O tanques eram auto-selante. O piloto ficava numa ‘banheira de titânio’ que envolvia o cockpit.

O primeiro voo do A-9A foi em 30 de Maio de 1972 e a competição fly-off ocorreu entre 10 de Outubro e 09 de dezembro de 1972.

a9ausaf_bgAA2021_YA-9_real_1

A avaliação da Força Aérea considerou a solidez e a adequação das propostas dos concorrentes para o desenvolvimento da aeronave AX, incluindo considerações logísticas de apoio, equipamento de terra, planejamento para produção, manuais de manutenção e voo, teste do sistema e avaliação e gestão de controle do programa. Essa avaliação também visou garantir que os objetivos do programa pudessem ser atendidos em tempo razoável e dentro do custo estimado.

Embora a USAF sentisse que ambas as propostas eram sólidas e suficientes, na opinião da Força Aérea a proposta da Fairchild proporcionou uma maior quantidade de teste de desenvolvimento e avaliação operacional antes da data de decisão para a produção. Além disso, como resultado da firmeza do projeto A-10, a proposta da Fairchild foi mais definida e exigia menos esclarecimentos para assegurar a sua adequação e solidez do que o projeto da Northrop.

A Força Aérea selecionou o A-10 como o vencedor do AX em 18 de Janeiro de 1973. Embora não tenha sido escolhida para a produção, o A-9A era uma aeronave formidável. Os dois protótipos do A-9A foram transferidos para a NASA para testes de voo antes de serem aposentados.

160-3

Em 1972 uma publicação soviética (Aviatsiya i kosmonavtika 1972) fez referência ao A-9 e mostrava o quão eles ficaram impressionados, particularmente com a capacidade de manobra do A-9. Em 1973 outro artigo também destacava a boa capacidade de manobra, bem como a boa visão e superior blindagem do A-9. Em geral, ambos os artigos soviéticos evidenciaram uma parcialidade para com o A-9, e é, portanto, interessante comparar as posições oficiais norte-americanos para a escolha do A-10 sobre o A-9 com as avaliações soviéticas publicadas.

Northrop A-9A

Em contraste, em seguida, enquanto os analistas soviéticos pareciam concentrar-se na capacidade de sobrevivência e aviônicos superiores como seus critérios para preferir o A-9, planejadores norte-americanos viram versatilidade e fatores econômicos como os atributos mais desejado em um avião de ataque ao solo.

Quando o primeiro avião soviético especialmente concebido para operações CAS foi introduzido, o SU-25, ele tinha uma impressionante semelhança não com o A-10, mas com o A-9…

3_1


FONTE: Global Security – Edição: CAVOK


IMAGENS: nationalmuseum.af.mil; johnweeks.com; aviadejavu.ru;


Pesquisa adicional: CAVOK


NOTA DO EDITOR: O A-9 participou do fly-off equipado com um canhão Vulcan de 20 milímetros. O cockpit do protótipo voou com uma ‘banheira’ de alumínio simulando a blindagem.

NOTA DO EDITOR²: A Fairchild precisava desesperadamente do contrato, uma vez que a linha do F-105 havia sido encerrada. O A-10 foi o ultimo avião da empresa para a USAF.


Anúncios

48 COMENTÁRIOS

  1. Bom lembrar que na URSS também houve concorrência para a adoção da aeronave de apoio cerrado da VVS. Quem venceu foi o Sukhoi Su-25 (muito parecido com o Northrop YA-9A), que derrotou um protótipo do OKB Ilyushin, o Il-102, de aparência medonha e conceitos ultrapassados: <a href="http://cdn -www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg” target=”_blank”>http://cdn <a href="http://-www.airliners.net/avi…” target=”_blank”>-www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg

  2. Bom lembrar que na URSS também houve concorrência para a adoção da aeronave de apoio cerrado da VVS. Quem venceu foi o Sukhoi Su-25 (muito parecido com o Northrop YA-9A), que derrotou um protótipo do OKB Ilyushin, o Il-102, de aparência medonha e conceitos ultrapassados: <a href="http://cdn -www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg” target=”_blank”>http://cdn <a href="http://-www.airliners.net/avi…” target=”_blank”>-www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg

  3. Bom lembrar que na URSS também houve concorrência para a adoção da aeronave de apoio cerrado da VVS. Quem venceu foi o Sukhoi Su-25 (muito parecido com o Northrop YA-9A), que derrotou um protótipo do OKB Ilyushin, o Il-102, de aparência medonha e conceitos ultrapassados: <a href="http://cdn -www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg” target=”_blank”>http://cdn <a href="http://-www.airliners.net/avi…” target=”_blank”>-www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg

  4. Bom lembrar que na URSS também houve concorrência para a adoção da aeronave de apoio cerrado da VVS. Quem venceu foi o Sukhoi Su-25 (muito parecido com o Northrop YA-9A), que derrotou um protótipo do OKB Ilyushin, o Il-102, de aparência medonha e conceitos ultrapassados: <a href="http://cdn -www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg” target=”_blank”>http://cdn <a href="http://-www.airliners.net/avi…” target=”_blank”>-www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg

  5. Bom lembrar que na URSS também houve concorrência para a adoção da aeronave de apoio cerrado da VVS. Quem venceu foi o Sukhoi Su-25 (muito parecido com o Northrop YA-9A), que derrotou um protótipo do OKB Ilyushin, o Il-102, de aparência medonha e conceitos ultrapassados: <a href="http://cdn -www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg” target=”_blank”>http://cdn <a href="http://-www.airliners.net/avi…” target=”_blank”>-www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg

  6. Bom lembrar que na URSS também houve concorrência para a adoção da aeronave de apoio cerrado da VVS. Quem venceu foi o Sukhoi Su-25 (muito parecido com o Northrop YA-9A), que derrotou um protótipo do OKB Ilyushin, o Il-102, de aparência medonha e conceitos ultrapassados: <a href="http://cdn -www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg” target=”_blank”>http://cdn <a href="http://-www.airliners.net/avi…” target=”_blank”>-www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg

  7. Bom lembrar que na URSS também houve concorrência para a adoção da aeronave de apoio cerrado da VVS. Quem venceu foi o Sukhoi Su-25 (muito parecido com o Northrop YA-9A), que derrotou um protótipo do OKB Ilyushin, o Il-102, de aparência medonha e conceitos ultrapassados: <a href="http://cdn -www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg” target=”_blank”>http://cdn <a href="http://-www.airliners.net/avi…” target=”_blank”>-www.airliners.net/aviation-photos/middle/3/0/3/1592303.jpg

Comments are closed.