Lockheed CP-140 Aurora, das Forças Canadenses. (Foto: Departamento de Defesa do Canadá)

A primeira aeronave modificada Lockheed CP-140 Aurora ‘Block III’ foi entregue oara as Forças Armadas Canadenses para testes e avaliações. O protótipo Block III do CP140 aumentará a disponibilidade operacional das aeronaves de patrulha marítima usadas pelo Canadá.

A chegada da aeronave CP-140 Block III no Canadá marca um significativo resultado para o projeto e para as indústrias parceiras. Os novos sistemas integrados desenvolvidos pela General Dynamics Canada, juntamente com os novos sensores, permitirão que as aeronaves Aurora possuam as capacidades de vigilância necessária para cumprir as missões domésticas e internacionais.

A General Dynamics Canada equipou a aeronave com um novo Sistema de Gerenciamento de Informações (DMS), Subsistema de conjunto acústico, Sistema de Missão Integrado e estações da tripulação reconfiguráveis, como parte do Projeto de Modernização Incremental Aurora (AIMP) para toda frota de 18 aeronaves CP-140 em operação.

Capaz de efetuar vigilância marítima de superfície e submersa e também sobre a terra, as aeronaves CP-140 Aurora serão operados pelo Departamento de Defesa Nacional do Canadá como uma plataforma aérea estrátegica e de longo alcance.

No dia 19 de novembro de 2008, a Lockheed Martin recebeu um contrato de US$156 milhões para um trabalho de extensão da vida operacional para dez aeronaves Aurora das Forças Canadenses, as quais poderão continuar operando por mais 20 ou 25 anos.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS