Aeronave Embraer A-29A Super Tucano em uso pela USAF. (Foto: Embraer)

Uma aeronave A-29A Super Tucano, pertencente ao 81° Esquadrão de Caça da Força Aérea dos EUA, na Base Aérea de Moody, Georgia, caiu perto da cidade de Homerville, em Clinch County, na tarde de segunda-feira, às 2:50hs (horário local), de acordo com o setor de relações públicas da base aérea.

A aeronave Super Tucano estava realizando um voo de treinamento de rotina quando os dois pilotos tiveram que ejetar. Os pilotos estão bem e foram enviados para o Clinch Memorial Hospital para posterior avaliação.

A cauda do A-29 Super Tucano no local do acidente.

As equipes de emergência chegaram ao local do acidente, uma área residencial, e já foi aberta uma investigação para determinar a causa do acidente. A base da USAF disse que vai liberar novas informação assim que disponível.

Um comunicado foi enviado ao público pedindo para evitar a cena do acidente devido a potenciais perigos de segurança.

Os A-29 foram usados na Base Aérea de Moody para treinar os pilotos afegãos.

12 COMENTÁRIOS

  1. É.. Aviões invariavelmente caem mesmo.
    A boa notícia é que os pilotos estão bem, agora é aguardar as investigações.
    Acho difícil uma falha do material, ainda mais com manutenção padrão USA. Via de regra a culpa é sempre humana..
    Os americanos são altamente profissionais e sabem disso.

  2. SABOTAGEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!, ainda bem que este avião não foi fabricado aqui no Brasil………….kkkkkkkkkkkkkk

  3. Teorias conspiratórias mod on: hmmmmmmmmmmmmmmmmm suspeito heimmmmmmmm……. 🙂

    []'s

  4. Péssima notícia… Será que respinga na já árdua concorrência?

  5. Quando viram que o ST tinha chances de competir, os pilotos agiram de má fé e ejetaram para comprometer a Embraer e tirar o Tucano da competição, esses caras jogam duro e sujo.

  6. Pôr a culpa na Embraer ou no próprio Super Tucano seria ridículo porque esses foram fabricados lá. Se for errode fabricação, será deles. Referente a culpa ser dos pilotos, o texto cita que são pilotos do 81º Esquadrão, mas seriam americanos ou afegãos, porque eles ficam subordinados ao esquadrão enquanto estão lotados no mesmo, correto? Não querendo discriminar e dizer que se foi culpa dos pilotos, seriam eles afegãos .. Mas que bom que passam bem.

    • É muito cedo para procurar culpados, mas no caso de falha material existem componentes de vários fabricantes no ST, inclusive muita coisa fabricada pela Embraer no Brasil.

Comments are closed.