Exército Colombiano perdeu um de seus helicópteros UH-60L Black Hawk durante uma missão contra o narcotráfico.

O Exército da Colômbia perdeu um dos seus helicópteros UH-60L Black Hawk que caiu ontem na região de Cauca, no sudoeste da Colômbia. Quatro tripulantes morreram na queda, de acordo com informações do Ministério de Defesa da Colômbia.

O helicóptero matrícula EJC2166 estava envolvido nas operações contra os narcotraficantes entre os municípios de Balboa e Argelia quando caiu na rota para Popayan.

“Estamos tristes com o falecimento do Major Pedro Granados, Capitão David Quintero, Sargento Ramiro Santos e Cabo Eduardo Gutierrez, que estavam em operações de helicóptero em Cauca. Estamos com suas famílias e o glorioso Exército. Paz para os nossos heróis”, escreveu Guillermo Botero, Ministro da Defesa da Colômbia, no Twitter.

A causa do acidente ainda é desconhecida, mas a área da queda está infestada de grupos armados como ex-guerrilheiros das FARC, rebeldes do ELN e narcotraficantes. Os destroços do helicóptero Black Hawk foram encontrados no solo entre as cidades de Balboa e Argélia, no oeste do país. Condições climáticas adversas dificultaram a busca pelo helicóptero e sua tripulação, e podem ter contribuído para o acidente.

O acidente ocorreu quando o helicóptero carregava “uma grande quantidade de cloridrato de cocaína e um fuzil” encontrado em um laboratório de drogas ilegais, disse o ministro.

As autoridades já começaram uma investigação para descobrir a causa do acidente, acrescentou Botero.

O UH-60L “EJC2166” que caiu foi entregue como parte do pacote de ajuda do Plano Colômbia para apoiar a luta contra grupos armados. Inicialmente pertenceu ao Departamento de Estado dos EUA, e foi transferido para a Colômbia em 2011.

Anúncios