pouso 600x435 - Acidente com Boeing 777 em San Francisco, EUA
Imagem publicada no Twitter por um dos passageiros do voo, mostra pessoas saindo do Boeing 777 após acidente(Foto: Reprodução/Twitter/Eunner)

A aeronave é do tipo Boeing 777 e vinha da Coreia do Sul. Ao menos duas pessoas morreram e 61 ficaram feridas, dizem bombeiros.

Um avião modelo Boeing 777 sofreu um acidente enquanto pousava no Aeroporto de San Francisco, nos Estados Unidos, neste sábado (6).

A aeronave era operada pela empresa Asiana Airlines e vinha da Coreia do Sul, de acordo com a rede de TV americana “CNN”.

Imagens exibidas pela “CNN” mostram que a aeronave perdeu um pedaço da cauda e partes da fuselagem superior estão incendiadas e destruídas. A emissora afirma que o avião rodou após tocar a pista do aeroporto, enquanto pegava fogo.

O Corpo de Bombeiros de San Francisco informou às emissoras “KCBS” (emissora local da “CBS”) e à “KTVU” que pelo menos duas pessoas morreram e 61 ficaram feridas. As operações de resgate continuam, disseram os bombeiros às emissoras.

boeing1 600x435 - Acidente com Boeing 777 em San Francisco, EUA

No Hospital Geral de San Francisco, porta-vozes disseram que oito adultos e duas crianças tiveram ferimentos graves.

O aeroporto foi fechado depois do acidente e todos os voos deste sábado foram cancelados, afirmou a Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês).

As causas do acidente ainda não estão claras. O aeroporto está a cerca de 20 quilômetros da área urbana de San Francisco. Aviões que deveriam aterrisar no local estão sendo desviados para o Aeroporto Internacional de Oakland, informou a “KTVU”.

O voo que sofreu o acidente, de número 214, vinha de Seul e era uma viagem direta, ainda de acordo com emissora. O pouso deveria ocorrer às 11h30 (15h30, no horário de Brasília), mas enquanto a aeronave estava para tocar o solo aconteceu o problema.

boeing3 600x435 - Acidente com Boeing 777 em San Francisco, EUA

O avião levava 307 pessoas no total, sendo 291 passageiros e 16 tripulantes, afirma a rede “CNN”. A Asiana Airlines é uma das duas maiores de aviação da Coreia do Sul junto com a Korean Air, ressalta a emissora.

O americano de ascendência coreana David Eun, que diz ser um dos passageiros do voo, afirmou em mensagens no Twitter que a maioria das pessoas parece ter sido retirada da aeronave sem problemas. Há feridos entre eles, mas não há dados sobre a gravidade dos ferimentos nem de quantos seriam, ainda de acordo com o passageiro.

“Bombeiros e agentes trabalhando no resgate por todos os lados. Eles estão retirando os feridos. (…) Tentando ajudar as pessoas a permanecer calmas”, disse Eun, em seu Twitter.

O avião que caiu em San Francisco é o segundo Boeing 777 a sofrer um acidente grave em cinco anos, afirma o jornal “New York Times”. Em janeiro de 2008, uma aeronave do mesmo tipo operada pela empresa British Airways teve um acidente no Aeroporto de Heathrow, em Londres, após um voo vindo de Pequim, na China.

boeing 2 600x435 - Acidente com Boeing 777 em San Francisco, EUA

No acidente ocorrido na Grã-Bretanha, só uma pessoa ficou seriamente ferida entre os 152 passageiros e a tripulação do avião, disse o “New York Times”. uma investigação sobre as causas do acidente, na época, indicou que gelo acumulado nos tubos de combustível pode ter contribuído para a queda do avião, ainda de acordo com o jornal.

FONTE: G1/CNN


Anúncios

38 COMENTÁRIOS

  1. Terrível, vi fotos do trem de pouso no meio da pista junto as superficies verticais da cauda e mais as condições meteorológicas na hora do acidente eram ideais, visibilidade total e sem vento. O que pode ter ocorrido com esta aeronave na hora do acidente, acredito que o piloto poderá ajudar nas investigações. Por que o fogo? Muitas perguntas existem neste caso, mas a FAA irá atrás das respostas.

  2. Essa aeronave da Boeing se demonstrou MUITO SEGURA vendo a gravidade do acidente, teve uma contenção de dados excelente, poucas vitimas fatias e feridos em numero MUITO reduzido vendo a quantidades de passageiros e tripulantes a bordo, mais de 300!

    Muito bom.

    Valeu!!

  3. O Mais interessante é que a fuselagem se manteve intacta em que pesem os eventos catastróficos. Um tributo à lendária robustez dos aviões Boeing.

  4. Parabéns pela justiça a que se referiu ao Boeing 777 Francoorp! É realmente uma aeronave extremamente segura. As duas vítimas fatais são as primeiras em 18 anos de operações comerciais regulares. Não é à toa que o Triple Seven é o avião comercial mais admirado.

  5. Robustez não digo, mas ao melhor desenho (até o momento) para se salvar de uma aeronave acidentada no solo: fuso com asas.

  6. Agora que é Boeing é tudo de bom né? Se fosse um avião Russo já estariam metendo pau..

  7. Você realmente não tem conhecimento de causa para opinar! O Boeing 777 tem 18 anos de serviços regulares, sendo que mais de mil aeronaves foram construídas e milhões de passageiros transportados, e esse é o primeiro acidente com vítimas fatais e, como bem asseverado pelo Francoorp mais acima, foram apenas 2 em mais de 300.

  8. Eu li uma reportagem, que o impacto do avião na pista foi tão forte, que vários passageiros vão ficar com paralisia irreversível… tenso!

  9. O que não quer dizer que tudo que seja feito na Boeing é seguro… olha o 787… somos só homens que erram e não deuses que fazem tudo certo!!

    E meus erros foram muitos nessa postagem:

    dados = danos

    fatias = fatais

    quantidades deveria estar no singular…

    Como disse, somos só humanos!!

  10. O 787 tambe'm e' seguro. Uma coisa e' ter problemas tecnicos (com as baterias, motores, etc), mas ter fatalidades e' outra coisa. Como somos humanos, sabemos que o aviao vai ser imperfeito e vai dar algum problema no futuro, sem duvida. Mas como sabemos disso, criamos sistemas e equipamentos pra proteger as vidas dos passageiros quando ("quando", nao "se") ha' algum problema. A cada ano nos Estados Unidos, acontecem (mais ou menos) entre 15 e 25 "hull loss accidents" em aeronaves de 30 ou mais toneladas (ou seja, de E170 pra cima), ou seja acidentes ou incidentes que danificam o aviao tanto que consertar custaria mais que um aviao novo ("perda total"). Mas quantas pessoas morrem nesses acidentes/incidentes? Zero (entre novembro de 2001 e julho de 2013). Os avioes sao imperfeitos e dao problemas, mas sao seguros! Quantas fatalidades no A320 que pousou no Hudson? No A380 que o motor explodiu? No 777 que nao chegou a pista do Heathrow? Nos 787s que pegaram fogo na bateria? (Ou, pior, no 787 que teve pane eletrica no Texas durante um flight test?) Avioes as vezes passam da pista e se despedaçam (American 1420, Britannia 226A, Air France 358) mas ninguem morre. A segurança da aviaçao comercial e' realmente impressionante, especialmente dado o fato que seres humanos sao imperfeitos…

  11. Pelo jeito foi erro humano… tudo indica que a aeronave ao aterrissar bateu a cauda na pista… fazendo a estrutura aeronave bater com força chão, e como pra cada força existe uma resistência contraria, quebrou a cauda e fez a o resto aeronave levantar depois do impacto com o solo e cair novamente só que sem controle…

  12. Pequenos erros que não tiram o equilíbrio e a justeza das idéias do seu post Francoorp….

  13. Amigo Airshow.. aquelas baterias causaram incêndios abordo..não é um, incidente… é coisa de projeto… vem falar que é seguro, que o projeto é seguro??

    Qual é amigo, se não tivessem deixado todos no chão por meses e meses, seria uma questão de tempo até fazerem vitimas fatais com incêndio a bordo, por isso pararam tudo, é coisa de projeto e não de incidente!!

    Aí sim todos diriam que gerou fatalidades, é inseguro… mas por que então não viram isso antes com todos os testes que fazem?? Colocar o cadeado depois de arrombada a casa… exatamente uma metodologia humana!

    Pra mim o erro existe sim, e nem por isso estou aqui julgando ninguém, só disse um dado de fato, o 787 por ter um problema no projeto não e seguro, deverão modificar o projeto!

    E NEM TÃO POUCO FALEI QUE A AVIAÇÃO MODERNA É INSEGURA… E SEQUER FIZ COMPARAÇÕES ENTRE ACIDENTES… eu fiz uma consideração direta, se teu projeto pode pegar fogo e matar todo mundo a bordo…, bem seu avião não é seguro!!

    Não entendi por que tanta gana em defesa do 787, o DADO DE FATO É QUE DEVERÃO AINDA ACHAR A SOLUÇÃO DEFINITIVA, pois estamos agora somente com paliativos pra impedir incêndios, mas não é uma solução definitiva… era sim só uma questão de tempo pra gerar um incêndio a bordo e gerar fatalidades, POIS O ERRO ESTÁ NO PROJETO!!

    Isso demonstra que não é seguro, terá que ter MODIFICAÇÕES NO PROJETO PRA SER SEGURO… entendeu a diferença em ter um acidente ocasional, um incidente NÃO comprometedor e ter uma falha direta do PROJETO que compromete DE FATO a segurança dos passageiros a bordo, COMO É O CASO DE INCÊNDIO A BORDO??

    Pelo visto era esse o ponto que faltava como base pra entendimento… projeto comprometido é diferente de um acidente ocasional… e os motores do A-380 são os mesmos até hoje, os mesmos do projeto, um falhou, defeito de fabrica, justo por sermos humanos!!

    O ponto não é a falha em incidentes ou acidentes, isso todos podem passar, e no fim todo fabricante vai conhecer esse drama, mas onde o ponto for a segurança comprometida da aeronave, em seu próprio projeto é outra coisa!!

    E veja que, na técnica, o erro em um sistema elétrico que venha modificado em alguma parte, como no caso do 787, exige verificações no inteiro projeto, resistências, amperagens, cargas e campos podem ser completamente comprometidos por uma modificação que ocorra em uma parte somente, deverão modificar o projeto inteiro e não só uma parte.. por isso a demora na solução definitiva, não é simples, alias o simplismo não existe, é só mais invenção humana pra tentar explicar o que não se conhece!

    Mesmo assim a Boeing já fez as coisas mais rápido do que a Sukhoy com o seus SSJ-100.. justamente porque somos humanos, vemos que os dois erraram…

    E eu ainda defendi a Boeing, dizendo que ninguém é perfeito e somos todos humanos… errar no 787 foi normal… acontece com todo mundo, pode esperar um erro da Embraer aí também, questão de tempo!!

    Valeu!!

Comments are closed.