O acidente com o C295 espanhol ocorreu durante o pouso.

Um total de nove soldados ficaram feridos nesta quarta-feira um avião de transporte C295 da Força Aérea Espanhola saiu da pista durante uma tentativa de pouso no aeródromo em Santa Cilia de Jaca (Huesca), durante a participação de uma simulação da Unidade de Pronto Atendimento Militar (UME).

Por volta das 11h30 de hoje, durante exercícios previstos para a manhã, a aeronave C295, serial T.21-10/35-48 da Ala 35, localizado na Base Aérea de Getafe, em Madri, acabou não conseguindo parar na pista durante uma tentativa de pouso e acabou ficando danificada ao cair em um fosso no final da pista do aeródromo Los Pirineus, de Santa Cilia de Jaca.

Dentro da aeronave estavam dez passageiros, quatro tripulantes e seis membros de uma Unidade de Medicina da evacuação aérea da Força Aérea (Umaer). Como resultado do incidente, nove pessoas ficaram feridas, uma em estado grave, com traumatismo craniano.

Os feridos foram levados para o Hospital de Jaca para avaliação pelas equipes médicas daquele hospital.

No momento, as causas do acidente são desconhecidas. No entanto, a Guarda Civil emitiu um comunicado oficial sobre o incidente e a Força Aérea Espanhola destacou uma comissão de investigação.

Desde segunda-feira está sendo realizado o exercício combinado Aragon 2019. Até sexta-feira a simulação ocorre nas regiões de Jacetania e Alto Gállego com a participação de 3.500 pessoas de diferentes serviços militares e equipes de emergência.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS