Helicóptero Eurocopter AS532 Cougar da Força Aérea Venezuelana, em foto meramente ilustrativa. (Foto: Carlos E. Perez S.L /Creative Commons)

Sete oficiais militares venezuelanos morreram quando um helicóptero AS532 Cougar da Aviación Militar Nacional Bolivariana (AMNB, Força Aérea da Venezuela) caiu no sábado, 4 de maio de 2019, por volta das 09h40 (hora local), durante um deslocamento para um estado onde o presidente Nicolas Maduro havia aparecido ao lado de tropas militares.

O helicóptero Cougar caiu perto do heliporto Oripoto, no município de El Hatillo, na periferia sudeste da capital Venezulea, Caracas, nas primeiras horas de um dia nublado na capital.

O helicóptero ficou completamente destruído pelo fogo após o acidente. Pertencia ao Grupo Aéreo de Transporte Administrativo 4, Escuadrón 42 sediado na base aérea de Caracas – La Carlota / Generalisimo Francisco de Miranda.

As forças armadas disseram em um comunicado que o helicóptero estava indo para San Carlos, no estado de Cojedes. Isso é uma hora de distância de uma academia militar onde Maduro apareceu no sábado cedo supervisionando exercícios de treinamento em uma demonstração de confiança em suas forças armadas após uma semana de intriga que viu um pequeno grupo de soldados se voltar contra ele em uma revolta liderada pela oposição.

A bordo estavam dois tenentes-coronéis e cinco oficiais de baixa patente.

A declaração não dizia se o helicóptero fazia parte das delegações presidenciais. A causa do acidente está em investigação.

5 COMENTÁRIOS