Jato de treinamento Aero L-39ZA / ART Albatros da Real Força Aérea da Tailândia. (Foto: Giovanni Colla)

Um treinador a jato L-39ZA / ART Albatros da Real Força Aérea Tailandesa (RTAF) caiu em Chiang Mai na quinta-feira (11 de julho), matando um piloto e ferindo outro.

Pelo menos um dos pilotos conseguiu ejetar. O militar que faleceu foi identificado como Teerawat Koonkhunthod, um piloto instrutor, e o ferido foi identificado como Naruepon Lertkuson, um piloto estagiário.

Segundo o porta-voz da RTAF, Pongsak Semachai, a aeronave estava realizando um voo de treinamento de rotina. Ele acrescentou que as autoridades ainda estão investigando a causa do acidente.

O Albatroz que caiu pertencia ao Esquadrão 411 ‘Thunder’ (parte da 41ª Ala) baseado em Chiang Mai. Esta unidade está equipada com pelo menos doze aeronaves de treinamento L-39ZA / ART e está em processo de receber mais L-39 provenientes do 401º Esquadrão ‘Dragon’ (3ª Divisão Aérea / 4ª Ala) com base em Takhli.

O L-39ZA / ART é a versão tailandesa do L-39ZA, uma variante de treinamento armado e ataque leve do jato de treinamento de alto desempenho Aero L-39 Albatros desenvolvido na então Checoslováquia pela Aero Vodochody.

A RTAF comprou 36 Aero L-39ZA / ART Albatros em 1991. Os primeiros foram entregues alguns anos depois.

Anúncios