Jato de ataque Mirage 2000D da Força Aérea Francesa. (Foto: AFP / Jack Suez)

Um jato de combate Dassault Mirage 2000D da Força Aérea Francesa caiu nesta quarta-feira (09/01) em uma região montanhosa do leste da França, próximo da fronteira suíça.

Até o momento da publicação deste artigo, os pilotos, um homem e uma mulher, ainda não haviam sido localizados.

Autoridades disseram que o avião desapareceu do radar por volta das 11h (horário local), logo após a decolagem da base aérea de Nancy-Ochey. As equipes de resgate foram acionadas imediatamente após o desaparecimento no radar, de acordo com a Força Aérea Francesa.

Dois helicópteros de busca foram mobilizados em resposta, mas a área é atualmente afetada pelo mau tempo, com neve e nuvens baixas obstruindo a visão, informou a mídia francesa.

Mais de 100 militares foram mobilizados para ajudar na busca, confirmou a Gendarmaria Nacional.

Destroços da aeronave, incluindo um pára-quedas, foram encontrados entre Doubs e Jura, perto da fronteira com a Suíça, de acordo com a agência de notícias AFP.

A aeronave que caiu fazia parte de uma surtida de rotina com duas aeronaves, com a segunda retornando com segurança para base. Ambos jatos estavam sem armamento.

O último acidente fatal envolvendo um caça Mirage 2000 havia ocorrido na França em 2011. Os jatos franceses Mirage 2000 estão implantados em serviço ativo em apoio à Operação Barkhane, no Sahel.

2 COMENTÁRIOS

  1. avião já veterano e missão em aérea difícil. só falta se chocar com uma montanha.

Comments are closed.