SU-30 Flanker da Aviação Militar Bolivariana caiu na tarde desta quarta-feira. Imagem ilustrativa.

Um avião de combate Sukhoi SU-30 da Aviação Militar Bolivariana (AMB) da Venezuela, caiu nesta quarta-feira, 16 de outubro, logo após a decolagem da base aérea Capitán Manuel Ríos em El Sobrero, no estado de Guárico.

A aeronave decolou  com destino a Base Aérea Tenente Luis del Valle García (BAVALLE), localizada na cidade de Barcelona, no estado de Anzoátegui. A Zona de Defesa Integral do Estado de Guárico informou que o acidente ocorreu às 14h46 (horário local).

O Ministério do Poder Popular de Defesa, por meio de comunicado divulgado, confirmou a morte do brigadeiro-general Virgilio Raúl Márquez Morillo, membro do Corpo Geral da Aviação Militar Bolivariana e capitão Nesmar José Salazar Nuñez, piloto do Grupo Aéreo Caça No. 11.

Suposto local da queda do SU-30 Venezuelano.

O general Virgilio Márquez era comandante da Base Aérea Capitão Manuel Ríos (Baemari) e foi durante anos comandante do Grupo de Caça Nº 11 chamado “Diablos”. Possuía experiência como piloto de aeronaves OV 10 “Bronco” e Lockheed Martin F-16 quando foi enviado à Rússia para treinar no Sukhoi SU-30 “Flanker”.

Segundo o comunicado, as Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB) ativaram o conselho de investigação de acidentes aéreos para determinar as possíveis causas do acidente.

O Sukhoi Su-30MK2 é um caça-bombardeiro produzido pela Sukhoi Corporation. É um caça de superioridade aérea de longo alcance sendo considerado um dos mais avançados e poderosos da América Latina.

Em 2015, um caça Su-30MK2 caiu durante missão de interceptação.


FONTE: Webinfomil.com

Anúncios

18 COMENTÁRIOS

    • Estranho mesmo… lamentável. Talvez tenham tentado salvar o avião…

    • Segundo testemunhas oculares que estavam na base 'a aeronave ao decolar virou bruscamente para a direita, os pilotos ejetaram mais devido a baixa altitude e posição não conseguiram se salvar'…

    • Suponho que tenha algo a ver com a altitude necessária para o funcionamento dos assentos ejetores. Faz muito tempo que não me atualizo quanto a tecnologia de tais equipamentos, mas antigamente existiam limitações quanto a isso, sendo assim e a matéria falando que foi após a decolagem…

        • Obrigado pela informação. Nesse caso, só resta crer em uma pane no sistema, provavelmente causada por uma péssima manutenção.

          • Zero zero quando apontado pra cima. Como a aeronave inclinou, pode ser que o ângulo tenha impossibilitado a ejeção segura, lançando eles de encontro ao solo.

  1. Lamentável a morte dos aviadores.

    "Ministério do Poder Popular de Defesa": que imundície…

    • A Venezuela tem Soberania Nacional e Popular ao contrário do Brasil pois Bolsonaro é capacho do Trump… Bolsonaro é Fantoche dos EUA!

  2. Será que foi falta de combustível? Onde falta até papel higiênico…pode faltar tudo, mesmo sendo eles ricos em petróleo…aliás, será que existe alguma riqueza ainda naquele país? Rsss

    • A Venezuela tem as maiores reservas de petróleo do Mundo e por isso está sendo atacada pelos EUA; A culpa pela crise na Venezuela é do Governo Corrupto e Homicida dos EUA controlado pela Máfia Anglo Sionista!

  3. Acredito que o posto do 1P seria, na tradução livre, General de Brigada. Desculpe-me caso eu esteja errado.

  4. Sinto pela morte dos tripulantes, como será que andam as manutenções destes aviões?

  5. De acordo com informações publicadas na Gazeta do Povo, o General conseguiu se ejetar porém o paraquedas não abriu e o capitão morreu queimado dentro da cabine do avião. O que demostra falta de manutenção da aeronave visto que o assento ejetável do SU-30 foi projetado para funcionar em altitude zero e também foi bem estranha a falha no controle de voo no momento da decolagem.

  6. Será que foi sabotagem dos EUA? Os EUA já sabotaram o Brasil várias vezes inclusive na explosão da Base de Alcântara.

Comments are closed.