Um caça Su-30MKI caiu hoje na Índia, horas depois de um acidente com um helicóptero Chetak.

Um jato de combate Sukhoi Su-30MKI da Força Aérea da Índia caiu na aldeia de Shivkar Kudla, em Barmer, Rajasthan, horas depois que um helicóptero Chetak também da Força Aérea Indiana ter caído em Allahabad. Os pilotos do jato de combate conseguiram ejetar em segurança, mas três moradores do local da queda do avião ficaram feridos.

O Su-30MKI havia decolado para uma missão de treinamento de rotina, e acabou caindo poucas horas depois que um helicóptero Chetak caiu em Uttar Pradesh, momentos depois de ter decolado de uma base aérea na periferia de Allahabad na manhã de quarta-feira.

Oficiais da Força Aérea da Índia chegaram rapidamente ao local e uma investigação foi aberta para determinar as causas dos dois acidentes em menos de 12 horas, disse o Tenente Coronel Manish Ojha, do Ministério de Defesa da Índia

Em setembro de 2016, um avião MiG-21 caiu no mesmo local em Barmer, onde o Su-30MKI caiu.

Este é o 11º acidente grave com um caça indiano desde janeiro de 2014 e o sétimo desde 2015, e também o sétimo envolvendo um Sukhoi Su-30MKI.

18 COMENTÁRIOS

  1. Senhores , um pais que possui tecnologia para colocar uma sonda em marte , que produz seus proprios foguetes e que possuem um centro de informatica referenciado no mundo , nao pode estar perdendo tantas aeronaves assim , em espaço de tempo curto , eu tomo a liberdade para levantar 3 hipotesis ; Uma ,Engenharia de manutençao CAOTICA , sendo isto , por que nao contratam engenheiros Ucranianos ou Israelenses ? Duas ,Pilotos abusados e treinamento falho , mas eh dificil admitir que numa populaçao de quase 2 bilhoes nao se encontram pessoas altamente capacitadas para serem selecionadas como pilotos e se o problema eh o treino manco , por que ,repito , nao terceirizam a pratica ,utilizando veteranos Russos ,Israelenses , Norte americanos , Ucranianos ou Poloneses ? Sairia mais barato se comparado as perdas , se esta assim na paz , na guerra com os nervos na flor , vai cair ateh as vacas sagradas . TRES , Oque seria na minha opiniao o mais dificil de sanar , havendo a necessidade de um ESPURGO ao estilo de STALIN , a SABOTAGEM ,sim , este eh pra mim o maior dos perigos , o Paquistao nao tem dificuldades para infiltrar gente na India , tem somente 12 anos que a India criou uma força anti-terror de media eficiencia , o pais eh uma colcha de retalhos religiosos e sociais , aposto na sabotagem Paquistanesa e os generais indianos podem desconfiar mas nao enchergam meios para combate-la , sem contar que tem o fator MORAL ORGULHO , ,,,se tem algum indu lendo isto , uma sugestao , terceirizem suas forças armadas ,começando pela IAF !

    • Dessa forma os Paquistaneses logo logo vão acabar com a IAF. Eu já considero o fator cultural em cima do fator manutenção. Agente vê na cara do povo Indiano, não querende ser preconceituoso, mas eles devem comer um pão com mortadela e dar risada no hangar de manutenção dos aviões .. Sei lá, mas é muito tipo diferente de avião e todos eles caem .. Daqui a pouco tem pecinha de MiG-21 no Su-30 e do TEJAS no Chetak.

  2. Se eles nao detectam o problema antes , problemas que se repetem em curtos espaços , duvideodo que achem a peça que tava defeituosa !

  3. Senhores.

    A Índia, apesar de todos os avanços tecnológicos já citados ainda é um país formado por CASTAS em sua organização social.

    Sendo assim é sabido que, tanto as Forças Armadas na Índia bem como a a sua administração em termos de estado é concebida de acordo com a influência dessas CASTAS. Portanto, muito do que se tem no estado indiano está impregnado de pessoas advindas de tais CASTAS e que, muitas vezes, não são o supra-sumo do que deveria ser. Isso não é diferente nas Forças Armadas do país.

    Em suma. O Estado indiano é aparelhado da cabeça aos pés. O que importa, muita vezes não é a competência técnica da pessoa e sim a origem dela nas camadas sociais do país.

  4. Outra coisa que estão misturando é a alta capacidade dos seus cientistas com a operação e manutenção de sua Força Aérea.
    A Força Aérea mostrou cono é desorganizada quando chegou a praticamente parar a formação de seus pilotos por falta de aeronaves de instrução enquando gastava bilhoes com aeronaves de caça.
    Tiveram que sair correndo atrás do Pilatus PC-7 Mk2 e do BAe Hawk para não parar.
    Até a poucos anos atrás toda a instrução era feita em aeronaves Deepak e Kiran com mais de 30 anos.

    https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/th

    https://encrypted-tbn2.gstatic.com/images?q=tbn:A

Comments are closed.