66449256 1592904914179098 3608500615790985216 n - Começa a entrega do primeiro lote de defesa aérea S-400 na Turquia
Aeronave An-124-100 usada para levar o sistema S-400 para Turquia.

A Turquia recebeu hoje seu primeiro lote de componentes do sistema russo de defesa aérea S-400, conforme anúncio do Ministério da Defesa da Turquia. Confira a imagem do descarregamento do lote a seguir.

66401284 464687767655126 1504944347106246656 n - Começa a entrega do primeiro lote de defesa aérea S-400 na Turquia
Os primeiros componentes do sistema S-400 entregue para Turquia. (Foto: Temsili gorsel)

“A Turquia recebeu o primeiro lote de componentes dos sistemas de defesa aérea S-400. As remessas foram enviadas para a Base Aérea Murted, na província de Ancara”, disse o Ministério da Defesa turco em comunicado. A primeira carga veio a bordo de uma aeronave de transporte militar An-124-100 da 224ª Unidade de Voo da Força Aérea Russa, matrícula RA-82038.

A Rússia e Turquia assinaram um acordo de US$ 2,5 bilhões para venda de quatro conjuntos de S-400 para a Turquia, também conhecido como o SA-21 Growler, no final de 2017. Horas depois chegou uma segunda aeronave Il-76, trazendo mais componentes.

66836970 903726809972362 8852185522727026688 n - Começa a entrega do primeiro lote de defesa aérea S-400 na TurquiaO anúncio do ministério veio depois que o Departamento de Defesa dos EUA ameaçou remover Ankara do programa Lockheed Martin F-35 em 10 de julho.

“O Departamento de Defesa removerá a Turquia do programa F-35, se o país aceitar a entrega do sistema de defesa antiaérea russo S-400”, disse Katie Wheelbarger, secretária assistente interina de defesa para assuntos de segurança internacional.

De acordo com o Pentágono, a aliança da OTAN e as nações parceiras no desenvolvimento e no campo do F-35 estão unidas em sua oposição à Turquia em defesa do sistema russo.

66756326 693610684415342 1867678799387164672 n - Começa a entrega do primeiro lote de defesa aérea S-400 na TurquiaA preocupação é que o S-400 poderia ser usado para coletar dados sobre as capacidades do F-35, e que a informação poderia acabar nas mãos dos russos, explicaram os oficiais.

“Oferecemos a oportunidade para que eles comprem o Patriot [sistema de defesa aérea] inúmeras vezes em um pacote mais generoso do que o que oferecemos a ninguém, e eles não se inscreveram para isso”, acrescentou Wheelbarger.

g 8906 - Começa a entrega do primeiro lote de defesa aérea S-400 na TurquiaA Turquia se recusou a ceder à pressão dos EUA, insistindo que escolher qual equipamento comprar é uma questão de soberania nacional.g 5157 - Começa a entrega do primeiro lote de defesa aérea S-400 na Turquia

Washington também suspendeu o treinamento dos pilotos turcos dos caças F-35, além de ameaçar sanções econômicas e militares contra Ancara.


Colaborou Rustam Bogaudinov, direto de Moscou.

Anúncios

17 COMENTÁRIOS

  1. As ameaças de Trump não surtiram nenhum efeito.
    E a Turquia vai cada vez mais se afastando do Ocidente e se integrando ao bloco China-Rússia.

    • Cada um tem direito a fazer suas escolhas. O que não é possível é o país fazer jogo triplo, como a Turquia faz.

  2. Pelo jeito o F-35 turco foi pro saco.
    Erdogan fez sua escolha e preferiu sentar no colo do Putin.
    A Turquia é um grande país, uma potência regional em um local extremamente estratégico, mas como todo país que cai nas mãos de esquerdistas está invariavelmente condenado ao atraso.
    Essa história ainda vai render..

    • Bruno, eu soube que Erdogan está tendo problemas com a aviação de combate; desde a tentativa de golpe em 2016, houve muitos expurgos nas Forças Armadas Turcas, de modo que a Força Aérea foi a arma mais prejudicada! Nós bem sabemos que a preparação de um piloto, para comandar de forma minimamente decente um F-16, demora alguns anos e demanda muito dinheiro.
      Qual a solução para reforçar a defesa do espaço aéreo, com menor dependência de pessoal??
      Exato, baterias de AAA!!

      Não quero colocar ideologias no meio… mas a solução pra ele foi recorrer ao Putin mesmo!
      S-400, no meu entender, é um sistema mais "versátil" do que o Patriot (prevejo mimimi já já).
      Eu, particularmente, faria EXATAMENTE o que ele faz hoje: estocando peças e armamentos p/ F-16 e comprando bastante AAA.

      Forte abraço, bom dia! 🙂

    • Quanto ao F-35; os turcos estão apostando no futuro! Querem desenvolver seu próprio 5g, buscando quem sabe uma parceria externa. Os caças F-16 da Turquia, hoje, dão uma boa segurança para eles na região, tendo ainda prazo pra desenvolver as próximas gerações.

    • Edorgan esquerdista ? Antes se fosse, talvez seria até melhor, ele é um pouquinho pior que ser de esquerda…

  3. Ele fez sua escolha. Enquanto tiverem peças de reposição, ok. O problema é que a espinha dorsal da sua força aérea é praticamente toda de equipamentos americanos. Vão gastar uma fortuna pra reequipar com modelos russos/chineses ou igual ao Irã, remendando as aeronaves….

  4. A Turquia, por ser islâmica, sempre foi vista diferente pela Otan, todo mundo sabe. E depois que esse Erdogan assumiu, o governo otomano resolveu fazer proselitismo junto ao eleitorado, se aproveitando desse fato: quer passar a idéia de patriota independente, tenaz, que não se curva a ninguém, o único capaz de levar o país de volta ao status de potência regional da época, pelo menos, do Ataturk — contra curdos, gregos e até o mundo infiel que discordar disso.

    Assim, essa história de os EUA terem oferecido o Patriot várias vezes à Turquia está mal contada — isso só ocorreu de uns tempos para cá e com uma série de restrições de uso (como qualquer equipamento americano vendido mundo afora), não foi desde o começo — mas é a desculpa perfeita para criar mais um caso para inflar o público interno.

    Notemos que a Turquia tem se mantido ativa para a população em várias frentes: tem confrontado, diplomaticamente, vários aliados dos EUA, notadamente Israel, Arábia Saudita e Egito — coisa que sempre evitaram, não importando o que acontecesse nesses países nem a gravidade. Tudo porque o Erdogan tem que aparecer, mostrar relevância, até porque, recentemente, foram eleitos adversários para governar as cidades de Ancara e Istambul, cidades de onde sempre vem o próximo presidente eleito.

    Lembremos que, quanto a isso, o tal Erdogan esperneou tanto que até anularam o pleito de Istambul, que foi refeito, confirmando a eleição do mesmo oposicionista.

    Desta forma, o cara quer manter a imagem de destemido, que não se abala com nada e que não tem medo de ninguém — e não é assim para quem está ao lado da Europa e não é potência, não tem uma grande economia nem grandes indústrias de defesa.

    A Otan perderia e muito ao se afastar de um aliado que sabe de tudo, pode trincar todas as estratégias mundiais da organização, se quiser, mas a Turquia perde mais: vai deixar de ser um satélite dos EUA (com acesso à tecnologia britânica e francesa) para virar um satélite da Rússia? Tecnologicamente, o país não soube sugar da Europa alguma coisa que preste e já quer ser ejetado? Grandes porcarias.

    • Curti seu comentário com os pés, porque minhas mãos estão (ainda) agora aplaudindo-te! hehehehehehehehe

    • O que os turcos queriam não era o Patriot, mas a tecnologia do Patriot. Para ser entregue de bandeja ao Putin.

  5. Começo a achar que esse sistema é muito efeito, visto o temor dos EUA em deixar a Turquia se equipar com eles. Vejo aí nessa treta um dedo dos Jacós de Jerusalém. Pois um inimigo armado com algo que eles não conhecem é a última coisa que querem perto de suas fronteiras.

    • Temor da espionagem. Dos russos usarem o sistema para captar as emissões do F35 sem a camada furtiva.

  6. A Turquia teve importância no passado (GF), a unica, sua localização, mas foi ficando, ficando e a OTAN preguiçosa esqueceu que a GF acabou e a deixou ficar ao invés de meter um chute neles.
    Mas uma coisa eu devo admitir, eles sabem lidar com os europeus, e eu gosto disso, não suporto a arrogância dos europeus.

  7. Os Russos estão vendendo os S-400 para quem quiser, simplesmente porque os S-500 já devem estar a caminho, ou seja, para eles é uma tecnologia atrasada.

Comments are closed.