O H160 da Airbus Helicopters durante voo de testes na Finlândia. (Foto: Lloyd Horgan / Airbus Helicopters)

A Airbus Helicopters completou com sucesso no norte da Finlândia o seu programa de certificação de testes em temperaturas baixas de seu mais recente helicóptero H160.

A empresa implantou a primeira aeronave de série em Rovaniemi, na Lapônia, em fevereiro, onde a equipe de teste se beneficiou de um período de temperaturas excepcionalmente baixas, de até -37°C. O objetivo principal desta segunda campanha foi confirmar o excelente comportamento do H160 em condições extremamente frias com sua configuração de série, já que a primeira campanha de teste no Canadá foi realizada com um protótipo da aeronave.

As operações ocorreram a partir da base da Babcock Scandinavian AirAmbulance, que opera helicópteros Airbus H145 para clientes de serviços médicos de emergência (EMS) na região, incluindo a FinnHEMS da Finlândia e o Governo Regional de Åland também na Finlândia. A campanha incluiu mais de 20 horas de testes de voo, bem como uma longa série de testes de solo e um voo de 13 horas de translado da base de Marignane da Airbus Helicopters para o local de teste.

A Babcock é a cliente de lançamento global do H160 e será a primeira operadora a receber o novo modelo. Sua nova frota de H160s é destinada a missões EMS e a outras missões críticas de serviço, começando na Europa e sendo implantadas progressivamente nas bases da Babcock em todo o mundo.

O H160 é uma aeronave ideal para operações de EMS com sua porta de correr de abertura ampla, capacidade de maca com rolete e acesso de 360 ??graus ao paciente. Ele apresenta níveis sonoros excepcionalmente baixos na cabine, além de baixos níveis de vibração, proporcionando um ambiente benéfico para o cuidado de pacientes de alta gravidade em longas distâncias.

O chefe do Programa H160 da Airbus Helicopters, Bernard Fujarski disse: “Este foi um programa de teste altamente produtivo. Quanto mais frias as temperaturas nas quais podemos voar e operar com sucesso, mais frias as temperaturas em que nossos clientes podem realizar seu trabalho. Ficamos muito felizes com as condições de congelamento na Lapônia e, em geral, com o comportamento do H160.”

A Airbus tem mais de 330 funcionários altamente qualificados na Finlândia, principalmente em pesquisa e desenvolvimento, engenharia e gerenciamento de projetos e, principalmente, em comunicações de missão crítica. Seus aviões comerciais formam a espinha dorsal da frota de aviões da Finnair e seus helicópteros atuam nas operações EMS e com a Guarda de Fronteira da Finlândia.

SEM COMENTÁRIOS