Dzwp5eXWsAI6PLX - Airbus planeja aumentar a produção de aeronaves na China e o A350 está nos planos
Airbus A350 da Air China.

A Airbus e a China estão fortalecendo sua parceria de longa data, já que os dois lados se comprometem a aprofundar e ampliar a cooperação no setor de aviação.

Um Memorando de Entendimento sobre o Desenvolvimento da Cooperação Industrial foi assinado em Pequim por He Lifeng, Presidente da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC) da China e Guillaume Faury, CEO da Airbus na presença do Presidente chinês Xi Jinping e em visita do Presidente francês Emmanuel Macron.

0a1a 61 - Airbus planeja aumentar a produção de aeronaves na China e o A350 está nos planosDe acordo com o Memorando de Entendimento, os dois lados concordaram em tomar medidas práticas e eficazes para novas iniciativas relacionadas a aeronaves Airbus de corredor único e de corpo largo. Como parte do objetivo da Airbus de atingir uma taxa de produção global da Família A320 de 63 aeronaves por mês em 2021, a Linha de Montagem Final da Família Airbus A320 em Tianjin (FAL Ásia) continua a caminho de aumentar sua produção para seis aeronaves por mês até o final de 2019, que representa um aumento de 50% em comparação com o projeto original. Os recursos do A350 XWB serão estendidos para o Centro de Conclusão e Entrega (C&DC) da Airbus Tianjin a partir do segundo semestre de 2020. O C&DC está programada para entregar sua primeira aeronave A350 até 2021 a partir de Tianjin.

“Damos grande importância à nossa parceria estratégica de longo prazo com a China e seu setor de aviação”, disse o CEO da Airbus, Guillaume Faury. “A Airbus está comprometida em atender esse setor de crescimento com o portfólio diversificado que ela tem a oferecer e estamos comprometidos em trabalhar com nossos parceiros chineses para moldar o futuro do setor”.

O potencial do mercado de aviação da China é enorme: enquanto o mercado doméstico da China deve se tornar o maior mercado do mundo, o tráfego internacional de e para a China quase dobrou nos últimos 10 anos. De acordo com a Previsão do Mercado Global, a China deverá exigir 7.560 novas aeronaves nos próximos 20 anos.

Air China A320 214 B 2376 taking off from Shanghai Pudong International Airport - Airbus planeja aumentar a produção de aeronaves na China e o A350 está nos planos
Airbus A320 da Air China.

Nos programas de aeronaves de corredor único e de corpo largo da Airbus, a cooperação está bem estabelecida. No setor de corredor único, a FAL Ásia opera com sucesso há mais de uma década desde sua inauguração em setembro de 2008. Até o momento, 450 aeronaves da família A320 foram entregues de Tianjin a clientes chineses e asiáticos da fabricante de aeronaves desde então.

Em aeronaves de corredor duplo, o primeiro centro widebody da empresa fora da Europa, o C&DC – inaugurado em setembro de 2017 – realizou com êxito atividades de conclusão de aeronaves A330, incluindo instalação de cabine, pintura e teste de voo de produção, bem como aceitação do cliente e entrega de aeronaves. O A350 XWB, uma das aeronaves de corpo largo mais bem-sucedidas de todos os tempos, recebeu 913 pedidos firmes de 51 clientes em todo o mundo.

Anúncios