O veículo aéreo híbrido Airlander 10, que recebeu a aprovação para ser fabricado para transporte de passageiros.

A Hybrid Air Vehicles (HAV) recebeu a aprovação para produção do Airlander 10 pela Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido (CAA). A empresa agora inicia a fabricação da aeronave para transporte de passageiros.

À medida que 2018 chegou ao fim, a Autoridade de Aviação Civil (CAA) concedeu à Hybrid Air Vehicles Ltd uma Aprovação da Organização de Produção (POA). Após o bem-sucedido prêmio de Aprovação da Organização de Design da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), em outubro de 2018, essa última conquista faz com que a HAV inicie 2019 em uma posição forte para começar a produção da aeronave para transporte de passageiros.

Espera-se agora que o modelo comercial completo decole com seus primeiros passageiros pagantes “no início dos anos 2020”. A aeronave terá um luxuoso interior, conforme mostrado pela empresa em julho de 2018.

Proposta do luxuoso interior do Airlander 10.

A Aprovação da Organização de Produção (POA) considera os aspectos de fabricação e montagem da produção de aeronaves. Isso inclui o gerenciamento da cadeia de suprimentos, processos relacionados à fabricação e montagem, e a própria instalação de produção. Tanto a Aprovação da Organização de Design (DOA), que abrange as atividades de design e teste de voo, quanto o POA, abrangendo fabricação e montagem, são necessários para avançar em um programa de certificação de tipo com a produção do Airlander 10.

Ser premiado com o POA em 2018 é uma conquista notável. Normalmente leva mais de um ano para preparar uma instalação para uma auditoria de POA. A HAV só se mudou para a unidade de produção, o Airlander Technology Center, em junho e pôde estar pronto para auditoria em menos de seis meses. Este sucesso está ligado ao esforço da equipe de produção, liderada por Ivor Pope.

Além de preparar a instalação, a equipe da área de tecnologia tem trabalhado para estabelecer processos rigorosos de cadeia de suprimentos e garantia de qualidade.

“A aprovação do POA é um marco significativo para a HAV. É a culminação de meses de trabalho árduo e esforço concentrado”, comenta David Lindley, chefe de segurança de aviação e garantia de qualidade da HAV. “Isso demonstra que os processos de segurança, garantia de qualidade e gerenciamento da cadeia de suprimentos estão em vigor, juntamente com a instalação de produção.”

“Receber com sucesso nosso POA no mesmo ano que nosso DOA é fantástico”, acrescenta o diretor executivo Nick Allman. “O POA é o selo de aprovação do regulador para avançarmos com a produção do Airlander 10 no caminho para a certificação de tipo. Isso nos coloca em uma ótima posição em 2019.”

O protótipo do Airlander 10 realizou seu primeiro voo de teste, no Aeródromo de Cardington, em agosto de 2016, e agora foi retirado de serviço após realizar todos testes necessários.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Muito interessante.
    Viagens turísticas e transporte de cargas para áreas remotas devem aplicações interessantes para ele.

Comments are closed.