A Bulgária estaria interessada em caças Eurofighter usados da Alemanha. (Foto: Jamie Hunter / Aviacom)

Espera-se que, durante sua visita à Alemanha no final de janeiro, o Primeiro Ministro da Bulgária, Boyko Borissov, receberá uma atraente oferta atraente de caças usados Eurofighters, segundo apurou a publicação Standart. A primeira visita do premier da Bulgária em 2012 será para a Alemanha entre os dias 17 e 18 de janeiro. Ele se reunirá com a chanceler Angela Merkel e durante as conversas privadas, todas as questões bilaterais serão discutidas. Durante as reuniões, os detalhes sobre a oferta alemã dos caças será esclarecida. De acordo com informações não-oficiais, a proposta inclui a formação dos pilotos da Bulgária.

A Alemanha é um dos quatro países que fabricam os caças Eurofighter Typhoon. Esta é uma das mais modernas aeronaves militares do mundo. As habilidades de Eurofighter foram demonstrados durante o show aéreo perto da cidade de Plovdiv, em setembro do ano passado. Em fevereiro de 2011, o ministério de defesa da Bulgária solicitou propostas de todos os fabricantes do caça Eurofighter para a entrega de 8 caças.

O consórcio EADS que fabrica o Eurofighter fez uma oferta de 80 milhões de euros para um caça novo. Mais tarde, outro fabricante do Eurofighter, a Itália, fez uma oferta de 35 milhões de euros para um caça de segunda mão.

Fonte: Standart News – Tradução: Cavok

17 COMENTÁRIOS

  1. Amigos não quero estragar praser de ninguem mas os tipoon usados estão queimando como brazas nas mãos de quem os possuem ,a inglaterra chegou a diser que não compença modernizalos e seria melhor encomendar novos,a alemanha esta louca para se livrar deles e eu jamais ia querer este pepino para nosso pais,é melhor aguardar pode ser o ministro marionete anuncie alguma novidade,marionete pois não sabe nada e não faz nada de sua competencia é apenas um pau mandado sem competencia para a pasta que ocupa.

  2. Esta notícia não passa de pura especulação.

    Não só porque a Bulgária simplesmente não tem nem dinheiro nem capacidade técnica para operar esta avião, como há outros factores estranhos. Como recém-membro da União Europeia a Bulgária tem recebido imenso dinheiro para realizar reformas estruturais, e esse dinheiro tem sido mal aplicado e tem acabado no bolso de políticos e das máfias criminosas que operam no país. Nunca um país tinha sido ameaçado de ver suspensas as remessas de investimento – caso este desvio não parasse. A Bulgária (e a Roménia também) estão sob vigilância apertada, sendo o estado-membro mais desconfiado… a Alemanha.

    Por outro lado, não existem quatro fabricantes do Typhoon, estes quatro sócios são geridos por uma multinacional (com as respectivas percentagens) que se chama Eurofighter GmbH, responsável pela coordenação de todo o produto, inclusive a sua venda.

  3. Acredito que a Eurofighter esta aproveitando a ocasião para divulgar e colocar mais caças Typhoon no mercado objetivando sufocar as vendas do Rafale, pois seu caça fica mais atrativo com muitos países operando enquanto o Rafale somente a França o compra.

    Isso vai reforçar a venda do Tufão para a Índia..

  4. Se realmente o FX-2 for pro brejo e o Tampax for a solução imediata , a FAB deveria precionar para comprar Flankers ou MIGs para os pilotos ja irem se adaptando aos caças Russos pois com o fim do FX-2 o caminho a seguir é a parceria no PAK-FA!

Comments are closed.