A General Dynamics Mission Systems, uma unidade de negócios da General Dynamics, informou que o avançado centro nervoso dentro da aeronave F/A-18 Super Hornet da Marinha dos EUA fornece aos aviadores controle dos sistemas de combate e a consciência situacional aprimorada necessária para concluir suas missões.

O centro nervoso é chamado de Advanced Mission Computer (AMC) e fornece aos pilotos dos EUA a capacidade de ver e controlar o campo de batalha com a consciência situacional avançada e o controle dos sistemas de combate necessários para concluir suas missões.

O AMC é um produto de arquitetura de sistemas abertos de alto desempenho, disponível para comercialização e é configurável para qualquer ambiente operacional. Algumas das áreas gerais às quais ao AMC pode ser aplicada são: Processamento da Missão; Processamento de sensores; Processamento de exibição; Gestão de Armas; Gerenciamento de informações.

O AMC é um sistema integrado de processamento de informações, fornecendo soluções completas de hardware e software. Ele é construído sobre uma arquitetura de sistemas abertos bem definida, permitindo a inserção rápida de tecnologias emergentes. A General Dynamics fornece serviços de design e integração de sistemas para garantir um ajuste preciso aos requisitos de cada plataforma de usuário específica. O AMC é um conjunto de hardware e software de computador digital que executa processamento de E/S, vídeo, voz e gráficos de uso geral.

A arquitetura do sistema aberto AMC é baseada em uma implementação modular que permite que a configuração seja personalizada para atender aos requisitos do usuário. Essa abordagem de blocos de construção também simplifica as atividades de inserção de tecnologia e melhoria de produto, permitindo que componentes distintos do sistema sejam alterados com um impacto mínimo no restante do sistema.

Anúncios