Belíssimo esquema de pintura do capacete dos Halcones, Foto: Simón Blaise Olivera

Na tarde deste sábado (07), um avião do Esquadrão de Alta Acrobacia “Halcones” da Força Aérea Chilena (FACh) caiu no bairro de El Bosque, na capital chilena.

Por meio de comunicado, a FACh disse que “por volta das 13h25, durante um voo de treinamento na Base Aérea de El Bosque, uma aeronave do Esquadrão de Alta Acrobacia “Halcones” caiu”.

A instituição acrescentou que “a situação obrigou o piloto a usar seu pára-quedas de emergência. Preliminarmente não há notícias de feridos ou mortos com a queda da aeronave”.

 

Posteriormente, os Bombeiros confirmaram que oito pessoas ficaram feridas, uma com queimaduras leves e sete foram intoxicadas devido à inalação de fumaça.

 

 

Local da queda da aeronave dos “Halcones”.

 

A prefeita metropolitana, Karla Rubilar, disse que o incidente deixou um apartamento totalmente destruído e outros quatro com danos devido à propagação do fogo.

Em março de 2019, o Comandante da FACh anunciou a aquisição de 07 aeronaves modelo GAMEBIRD GB1 para equipar a esquadrilha Halcones. Desde o ano de 2003 os Halcones se apresentavam com aeronaves acrobáticas modelo Extra 300L. O grupo foi criado em 1981, voando com o biplano Pitts  Special, que foi utilizado por cerca de 20 anos , até a chegada dos Extra 300.

O novo avião é, pela primeira vez, utilizado por uma esquadrilha de demonstração acrobática, prometendo entregar manobras arrebatadoras, em virtude da extrema manobrabilidade da aeronave, que trabalha entre -/+ 10g.  As entregas começaram em julho deste ano.


FONTE: 24 Horas

 

 

 

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS