A aeronave presidencial brasileira Airbus A319 "VC1", batizada de Santos Dumont, logo após sair da manutenção programada. (Foto: Sgt. Johnson Barros / Agência Força Aérea)
A aeronave presidencial brasileira Airbus A319 “VC1”, batizada de Santos Dumont, logo após sair da manutenção programada. (Foto: Sgt. Johnson Barros / Agência Força Aérea)

Depois de uma manutenção de rotina, o avião presidencial brasileiro Airbus A319 “VC1” pousou na quinta-feira (14/2), na Base Aérea de Brasília, com uma nova pintura.

A faixa verde e amarela foi aplicada na lateral da fuselagem. (Foto: Sgt. Johnson Barros / Agência Força Aérea)
A faixa verde e amarela foi aplicada na lateral da fuselagem. (Foto: Sgt. Johnson Barros / Agência Força Aérea)

A aeronave A319, batizada de “Santos Dumont”, e operada pelo Grupo de Transporte Especial (GTE) da Força Aérea Brasileira (FAB), ganhou uma faixa transversal verde e amarela na fuselagem, semelhante a dos dois outros aviões Embraer 190 que fazem parte da frota presidencial.

Fonte: Agência Força Aérea

Enhanced by Zemanta
Anúncios

38 COMENTÁRIOS

  1. Bom… bom mesmo seria se o Brasil tivesse um avião presidencial de médio-longo raio, no minimo como o A-330, ou Boeing 767…

    REALMENTE VERGONHOSO O BRASIL COM UM AVIÃO PRESIDENCIAL DESTE… Vira-Latas tem mesmo a mania de pensar pequeno!!!

    • 1)Concordo em parte. Acho que essa decisão deveria ter sido tomada na época da compra do A-31. Trocá-lo agora seria um desperdício, já que o jato foi muito pouco usado…

      2)De outro lado, se a compra do A-330 envolver a aceitação do atual VC1 (A-319) como pagamento seria uma opção razoável.

      3)No entanto, acho que essa substituição não pode, ou não deveria, ser a prioridade da FAB, mas fazer o que? Isso aqui é Brasil.

      Grande Abraço!

      • Entendo o ponto, mesmo assim sou a favor do Brasil ter algo mais prático para viagens internacionais, com poucos ou nenhum Pit-Stop!!

        E no mais, em momento algum eu coloquei que "SERIA UMA PRIORIDADE"… pra mim deveria vir junto com um novo pacote de aeronaves Tank para a FAB, que pra mim sim, é uma prioridade… poderia vir junto com os Airbus Military A330 MRTT.

        Realmente isso aqui é Brasil… o povo e os poitcos pensam pequeno e desencontrado!

        • De início, me desculpe, não quis dizer que foi vc quem afirmou que seria uma prioridade, estava me referindo a notícias que foram publicadas no passado.

          No mais, concordo com o seu ponto de vista, no que tange aos aviões de reabastecimento. Nesse caso, vc acha que o E-195 poderia ser uma opção para o reabastecimento ou seu alcance não seria o ideal??

          Outro ponto que eu gostaria de colocar: Um tempo atrás ventilou-se que o A-330 poderia ser um avião misto (presidencial/tanker), vc não acha que, operacionalmente, seria melhor separar as duas funções e que isso seria apenas uma forma de amenizar, perante a mídia, a compra de um novo avião presidencial???

          • Não, o E-195 tem alcance muito limitado, não se compara minimamente com um A-330 ou 767… seria trocar 6 por meia duzia, não mudaria praticamente nada com o A-319, o alcance do dois se equivalem!!

            Quanto ao A-330 MRTT seria uma boa opção, a aeronave já está certificada para VIP e Tanker, e não vejo problemas operacionais, sendo que o que conta mesmo na aeronave, como estrutura, motores, componentes de segurança, sistemas elétricos e eletrônicos em linhas de transmissão interna de rede, (obs: não falo dos pontos de acesso como lampadas ou para componentes internos vários) já estão certificados, e estariam padronizados, reduzindo despesas de manutenção!

            As questões praticas de uma compra "Em Pacote" dos Tankers com os VIP amenizaria sozinha a retórica de ódio da imprensa partidária, pois é pratica, não baseada em politica, mataria dois coelhos com uma paulada só!

            Valeu!!

            • Foi o teu Deus quem comprou…

              Comprou aguenta, tem outras necessidades mais urgentes na FAB.

  2. Discordo. O avião é adequado para a real dimensão do Brasil no cenário internacional.

    • 6° Economia, deve por força ter uma aeronave maior a de outros países com economia menor, tipo Arabia Saudita, Itália, etc… o cenário do Brasil no mundo é maior que esse troféu de submissão ai, chamado A-319!

      • que nada amigo o A319 é uma bela aeronave e esta até demais para o governo que temos…por mim ficava com o 737-200 mas como ele ja não operacional em varios paises o governo brasileiro,esta bem demais com um A319 que tem um bom alcançe moderno e seguro,avião maior para que??? para levar mais vagabundos do governo de graça pelo mundo,não um A319 esta bom até demais,até demais mesmo

        • O amigo confirmou o que eu disse sobre complexo de vira-latas…. essa aeronave presidencial não é pra "esse governo que temos", mas pra todos os governos que TEREMOS nos próximos 25-30 anos ou até mais!!

          Este avião não represente um partido no governo, mas o Brasil no exterior… se na próxima eleição entrar a atual oposição no poder, e governar por mais alguns anos, não muda, a aeronave será esta ai, um lixo de alcance, nada de "alcance bom" coisa nenhuma!!!

          Avião maior pra chegar mais longe sem escalas…. mas essas são coisas praticas, não politicas, acho que não consegue entender!!

      • A sexta economia do mundo é a GB, que retomou seu lugar agora em 2012. Ademais, a natureza dos deslocamentos comumente efetuados demonstra que o A-319 é adequado para a imensa maioria deles. Em verdade, vez por outra encontramos alguém por aqui que ainda acredita na fábula denominada "Brasil-PuTênfia" e na fantasia "Briquis bonzinhus contra uzamericanú mau, uzeuropeu falidú e uzsiúnista ladrão di terra". Para esses que vivem em um universo paralelo, o Brasil deveria ter o A-380…..

        • A Arabia Saudita terá um A-380…. e tem economia muito menor que a nossa!!

          Pelo resto do que disse, só mais do mesmo discurso politico repetitivo!!

          • Francoorp,

            A Arábia tem uma enorme fonte de renda… Não tem industrias no mesmo numero que o Brasil, mas dinheiro eles possuem…

            Por fim, as necessidades é que determinam uma compra desse porte e não um salto econômico tão e somente… Por mim, é como disse abaixo… Que se faça um acordo com o operador de B777 e A-330 para as grandes viagens e pronto…

          • Inicialmente cabe dizer que é um disparate comparar a Arábia Saudita, um reino comandado de forma quase absolutista por uma família real, e o Brasil, uma república presidencialista democrática onde o presidente eleito deve obediência à Constituição. Ademais, se por um lado a AS terá um A-380 como aeronave VIP, do outro sua força aérea alinha caças F-15C/D/E, Panavia Tornado IDS/ADV e Eurofighters Typhoons. E enquanto isso aqui em Banânia vamos alinhando F-5 de 40 anos e Mirages e AMXs desdentados. Ou seja: comprar um aparelho dispendioso assim é apenas delírio de grandeza.

        • Duas coisas são certas. A China será em pouco tempo a maior potência do mundo e o Brasil ocupará a quarta ou quinta colocação. Isso é irreversível!

          • A economia chinesa é altamente dependente de exportações e pior, além de ter um mercado interno fraquíssimo não desenvolve tecnologia. Ou seja: caso as empresas ocidentais desmontem suas fábricas, o país volta ao que era durante a revolução cultural.

            A economia brasileira cresceu nos últimos dez anos basicamente exportando commodities para a China. Ou seja: investiu pouco em tecnologia e em educação. Como resultado ocupamos o 75 lugar no PIB per capita e o vergonhoso 88 lugar em qualidade de educação

            • Os chineses são malandros, o que as multis produzem por lá em parte fica na própria China, através das joint ventures e licenciamentos com transferência de tecnologia. É mais ou menos o seguinte, se a Embraer resolver sair de lá, a Harbin vai manter a planta fabril dos RJ. Sem falar nas JACs, Cherys, Foxcons, Lenovos e etc da vida, que até caminham por conta própria, inclusive fora da China.

    • O pessoal tem que entender que, por enquanto, somos os primos pobres no cenário mundial, mas também tem que entender que "andar de fusquinha" não é demérito algum, bem como aparecer demais dá um sinal de fraqueza ou pobreza.

  3. Camaradas,

    Nem tanto ao céu; nem tanto a terra…

    É bem verdade que uma aeronave maior se faz necessária. Contudo, nada impede que, quando necessário, se requisite uma aeronave de alguma grande empresa para os compromissos além-mar… Há pelo menos uma empresa no Brasil que emprega o Boeing 777 e o já referido A-330. Não seria nenhum inconveniente um acordo com a empresa em questão para cessão momentânea de uma aeronave, caso haja uma real necessidade, para o transporte de autoridades e suas delegações para compromissos internacionais…

  4. E quando foi mesmo que ele saiu pra manutenção??
    Alguns criticam esse modelo e acham com pouca autonomia, não pega bem o Rei-sol esperar alguns minutos em escalas, tá mas porque nenhum retarda da fab avisou disso na época da compra, uma das funções da fab é essa, informar seus chefes e não me digam que foi por causa do preço pois estamos falando do GTE e não do tal FX ahahahaha

  5. Olá, Francoorp

    Gostei do complexo " Vira-Latas" concordo com tudo que vc disse e vou além.
    Querendo ou não somos uma potencia, ainda pequena, mas em constante crescimento. Independente das crises dos últimos anos o Brasil continua aumentando o numero de carteiras assinadas ano após ano, a agricultura acumula recordes em cima de recordes, enfim o BI é imenso e vem crescendo, em um ritmo lento as vezes, como no ano passado, mas mesmo assim ouve um pequeno avanço. E como os negócios estão aumentando constantemente em todas as partes do mundo, então sim, justifica a aquisição de um avião de maior autonomia.

    Por outro lado Francoorp, o que vc queria? Quando o Lula comprou esse avião os jornais sem ter nada para publicar caíram em cima com tudo, por sua vez os vira-latas (como vc bem disse, muito bem aliás) pensaram que aquilo era serio e começou um ataque infame, ridículo, imbecil, retardado entre outros adjetivos… Lembrasse do jargão "AeroLula", pior diziam que o avião era para o Lula, como se o cara depois do mandato levasse o avião para garagem da casa dele…

    Por essas e outras que concordo com vc, devíamos sim ter um avião maior para carregar o presidente, pois não é a imagem de um o outro partido que está em jogo, é muito mais que isso, a própria alto estima dos brasileiros entra nessa equação.
    Não me admira que o Lula seja considerado o melhor presidente do Brasil de todos os tempos, o cara simplesmente resgatou o que os militares pau-mandados dos EUA enterraram junto com o FHC. Quem não se lembra daquela cena do Bill Clinton humilhando o FHC isso não foi um vergonha para alguém como ele que naturalmente não tem, não teve e nunca vai ter vergonha na cara, isso foi uma vergonha para o Brasil! Algo que os donos dos "vira-latas" adoram que o povo brasileiro sinta, pois é melhor um povo com baixa auto-estima para controlar.
    O povo e as forças armadas bem motivados com auto-estima elevada são adversários, historicamente, muito difíceis de serem derrotados, já quando é o contrario…

    • Olha só quem aparece nas paradas de sucesso… e ai, quanto tempo!!!

      Verdade, concordo com o amigo, já somos uma potência, alguns querendo ou não, e essa parte do aumento econômico e verdadeira, o Brasil cresce e resiste economicamente, o lucro é variável, mas isso é comum, se quer tudo igual, como falam d Petrobras, sempre lucros iguais ou maiores, devem virar comunistas, já que no Capitalismo o lucro é sempre variável, ano a mais, ano a menos, ano igual… é assim no capitalismo!

      Realmente o nosso crescimento econômico justificaria sem sombra de dúvidas uma aeronave maior, com maior alcance, isso economizaria tempo, e tempo é dinheiro no capitalismo!

      Realmente, a mentira de ódio do propagandismo foi forte amigo Carl94, chegaram mesmo a dizer que a aeronave era do Lula, olha o nível de infâmia!, Que isso, e teve gente que acreditou… brasileiro realmente gosta de ser enganado por papagaios "políticos" que sempre repetem a mesma coisa, vemos muito isso na internet!!

      Exato, quanto menos auto estima, quanto menos você acreditar em você mais fácil será te dar uma verdade pra engolir, com o proposito de te controlar, já que essa verdade fabricada foi pensada justamente para aumentar a sua auto confiança baseada em uma mentira, acreditar em algo pra ser combatido para melhorar você e o mundo… mau sabem eles, os fracos que acreditam, que se tiverem que mentir pra defender uma ideia, que nós chamamos o estudo dessa ideia como: ideologia, significa que essa ideologia é mentirosa, pois a mentira defende a mentira… e verá muitos repetindo isso ao infinito e além!!!

      Só porque não são capazes de entender a verdade sobre eles mesmos e do mundo que os cercão… no fim, não tenho mais piedade de ninguém, o cara quer acreditar em mentira, quer usar a mentira ideológica pra defender outras mentiras… eu acho que ele merece a vida que tem, merece tudo sem tirar nada!

      O Problema é que uma vez qeu o povo e as forças armadas são motivadas pelas verdades de que o Brasil deve ser grande e não deve ser submisso a ninguém, os adversários simplesmente não conseguirão mais abater o espirito nacional, e as 5° colunas deverão sucumbir, pois o Brasil vai crescer sem ter que ser inferior a ninguém, nem superior, somente mais um que vive neste mundo, sem ser inimigo de ninguém, sem ser aliado de ninguém, somente sendo ele mesmo, e querendo tratamento igualitário com todos os outros, nada a mais, nada a menos… e realmente é isso que incomoda muita gente, principalmente quem está ganhando com um Brasil submisso e com baixa estima de si mesmo!

      Concordo amigo Carl94fn, é tudo assim mesmo, e é sempre um prazer falar com pessoas que vêem além do ódio propagandístico partidário e entreguista!

      Valeu!!

      • Valeu grande Francoorp, é muito bom te ver por esses lados e tenho certeza que muitos ficaram felizes com vc por aqui, já outros kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk acho que não. Não quero provocar ninguém mas é verdade.

        • carl94fn e Francoorp
          Concordo plenamente com suas opiniões. E adicionaria um fato que foi consequencia direta da ação de governos passados: a implantação do SIVAM. Uma ótima e necessária idéia que teve seu desfecho influenciado pela infeliz gestão econômica do país no final da década de 1990. Pra conseguir dinheiro no mercado externo, fomos obrigados a dar o SIVAM para a boa gente da Raytheon.
          Abs

      • Infelizmente sou obrigado a dizer que suas conclusões no presente texto são absolutamente equivocadas. senão vejamos:

        O Crescimento econômico brasileiro baseou-se quase exclusivamente na exportação de commodities para a China ou seja, produtos primário e de baixo valor agregado. Ou seja: se por um lado houve grande ingresso de capitais, por outro houve baixo investimento em ciência, inovação e nos setores que geram mais valor agregado na economia. Como cobnnsequência a economia real torna-se muito vulnerável às oscilações nos preços de matérias primas do mercado internacional;

        A PETROBRÁS foi utilizada politicamente, isso é um fato, para manter os preços dos combustíveis artificialmente baixos e segurar a inflação. Como resultado perdeu capacidade de investimento comprometendo dessa forma a exploração do Pré-Sal.

        A propaganda oficial adorou ressaltar que país era a sexta economia do mundo. Mas se esqueceu de noticiar que a GB retomou o posto e existe hoje uma diferença de 200 bilhões de dólares a favor dos britânicos, o que dá o PIB da Romênia. Sem falar que a nos outros parâmetros nossa posição é vergonhosa. Somos o 73 lugar no PIB per capita e 88 lugar no índice de educação.

        Para resumir Francoorp, o Brasil é "PuTênfia" mas ainda está longe de ser Potência. Assim, não necessita de um avião presidencial maior do que o atual. Quem sabe no futuro, se o Brasil realmente virar uma potência de verdade ou seja, seja um país mais justo com seus filhos, com uma economia mais sólida,dinâmica e menos onerada com tributos, regida pelo capitalismo de mercado onde o empreendedorismo e a meritocracia seja privilegiados, e não o capitalismo de estado atual onde o privilégio de enriquecer pertence a meia dúzia de cafetões de commodities alinhados com o partido governista, e com uma política externa que defenda os interesses nacionais e não as bizarrices ideológica do grupo político no poder, aí podemos pensar em um avião presidencial maior.

  6. Está faltando criatividade no GTE!!! rssss!!!!

    E lendo os comentários acima, penso o seguinte: Respeito se "conquista", não se compra!!!!

    E como disse o grande filosofo, o Embaixador do Brasil na França: "O Brasil não é um país sério!!!"

      • Na verdade quem falou isso foi mesmo o embaixador brasileiro na França, procure por fontes confiáveis e verás que foi um brasileiro e filosofo, rssss….

  7. O que está sobrando são os E-Jets no GTE, melhor seria um avião de grande autonomia como o A-330 e outro para médias distancias como o A-319 atual.

    Se forem manter os E-jets é melhor trocar o A-319 por um A-330 ou B767. Estas aeronaves VIP tem venda certa no mercado internacional, mesmo com a crise.

    O Pres. da Rússia recebeu em Jan/2013 um Antonov An-148 VIP para voos de média distância e vai manter o Ilyushin Il-96 para longas distâncias.

  8. Olha, pessoal, talvez eu deva ter a metade da idade de muita gente aqui, e não tive muito acesso a informação no nível que vocês tem.
    Realmente fico um pouco confuso toda vez que há esse debate ideológico.
    Leio tudo com atenção, confrontando com a coisas que vejo e leio por aí.
    Mas de uma coisa que realmente tenho certeza é o sentimento de inferioridade em relação aos americanos e europeus.
    Estamos sempre olhando pra fora, e mesmo quando acontece algo maravilhoso por aqui, não damos o devido valor.
    Mas estou aprendendo, minha visão já mudou bastante.
    Um abraço a todos.

    • Olá celestino

      Para esclarecer sobre esse debate ideológico que você cita.

      ISTO NÃO OCORRE AQUI E EM NENHUM DOS SITES SOBRE DEFESA.

      O que ocorre é que algumas pessoas associam qualquer opinião favorável a produtos/sistemas russos ou chineses a questões ideológicas de esquerda, o que está longe, mas muito longe de uma discussão ideológica. O mesmo acontece com quem opina favoravelmente a EUA ou europa ocidental (direita).

      Eu só posso afirmar categoricamente que apenas um desses participantes tem lado claramente ideológico: o Vader (direita e conservador). Mas mesmo ele não sabe o que é realmente ser de esquerda além do velho discurso do tempo da ditadura militar aqui no Brasil.

      Então a sua confusão sobre o tema é perfeitamente normal porque, infelizmente, você está tendo contato com as pessoas menos indicadas para falar sobre isso. O tema deste post é um exemplo. Como disse um dos comentaristas acima, quando foi adquirido o avião presidencial desseram a lenha no governo e apelidaram de aerolula, tentando impedir o debate sério sobre a aquisição. Quem fez isso? Quem está(va) alinhado "à direita" no aspecto ideológico mas não discutia a idéia e sim a necessidade (como se não houvesse!!!).

      Ideologia vem de "idéia", uma abstração que nos faz preferir um caminho ou outro. Quem gosta de falar o tempo todo que tudo é discurso ideológico na verdade não sabe o que fala.

      Continue fazendo suas pesquisas e leituras que, mais cedo ou mais tarde, as coisas ficarão mais claras.

      Abs

  9. Esse A319, pra quem é serve!…Vê se vou ficar com dó só porque a Presidenta fez duas paradas para reabastecer em uma viajem a Índia .O certo seria a Presidenta viajar num teco-teco para dar mais valor ao dinheiro do povo!

  10. Enquanto se gasta dinheiro com GTE… a FAB segue capenga sem caças a altura de nosso país…
    Isso é uma grande vergonha… ato típico de república das bananas….

    • Agora sim um comentário lúcido, em sintonia com a (dura) realidade. Em outro espaço foi feita uma comparação entre o GTE de 15 anos atrás e o de hoje, assim como a FAB de 15 anos atrás e a de hoje. Ficou evidente o quanto a nossa Força Aérea serve apenas para taxi aéreo dos nossos (in)dignatários.

  11. Quando trocaram o 707 pelo ACJ foi uma troca errada..

    O Deus sol do universo de vocês e próximo Papa deu a ordem, o comandante da FAB assinou e pegaram este aviãozinho sub-dimensionado para as necessidades do país.

    Isto é uma realidade inegável..

    PORÉM a compra foi feita e enquanto não forem solucionados outros problemas mais urgentes da Força Aérea não tem sentido comprar outro.

  12. O GTE deveria encolher em número de aeronaves.

    No máximos uns 4 Phenoms 300 para os Ministros e 2 birreatores de grande alcance (+11.000kg) e só.

    []'s

Comments are closed.