Um bombardeiro da B-52 da Força Aérea dos Estados Unidos lançou uma série recorde de ataques no norte do Afeganistão.

Vinte e quatro bombas guiadas de precisão foram lançadas contra posições do Taliban durante 96 horas de operações aéreas “para destruir fontes de receita dos insurgentes, instalações de treinamento e redes de apoio“, de acordo com as forças dos EUA no Afeganistão.

As 24 bombas de precisão marcaram o recorde de lançamento deste tipo de munição por uma única aeronave.

Com um peso de 84 toneladas, o B-52 entrou em serviço na década de 1950 durante o auge da Guerra Fria – originalmente projetado para servir como bombardeiro nuclear intercontinentais de longa distância e de alta altitude que poderiam penetrar profundamente na União Soviética. O mais novo B-52 entrou em serviço em 1962, e o avião de 48 m tornou-se um ícone da Guerra Fria.

Demonstração de um B-52 Stratofortress no Nevada Test and Training Range, próximo de Indian Springs, Nevada. (Foto: Ethan Miller/Getty Images)

Os aviões foram bastante modificados desde o final da Guerra Fria e foram atualizados com mísseis guiados de precisão, eletrônicos e sensores de alta tecnologia. Cada aeronave pode transportar até 30.000 kg de bombas, minas e mísseis, de acordo com a ficha oficial da Força Aérea.

Os ataques ocorreram depois que os talibãs lançaram uma série de ataques no coração da capital afegã, Kabul, na semana passada, matando mais de 100 pessoas. Em um desses incidentes, uma ambulância cheia de explosivos detonou em uma rua lotada, fora do hospital. Mais de 200 pessoas ficaram feridas, incluindo 30 policiais.


FONTE: CNN

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.