O drone MQ-25 taxiando durante testes realizados pela Boeing.

O drone MQ-25 será o primeiro avião não tripulado operacional baseado em um porta-aviões e a BAE Systems agora entra como parceira do projeto.

A BAE Systems recebeu contratos da Boeing para fornecer o Sistema de Controle de Gerenciamento do Veículo e Sistema de Identificação de Amigo ou Inimigo (IFF) para o MQ-25.

“A BAE Systems lidera o setor em tecnologias IFF de missão crítica e fly-by-wire de alta integridade”, disse Corin Beck, diretor de Sistemas de Aeronaves Militares da BAE Systems.

“Nosso relacionamento com a Boeing começou há mais de quatro décadas e resultou em aeronaves que possuem alguns dos transponders aviônicos e de tamanho reduzido mais avançados do mundo.”

O Sistema de Controle de Gerenciamento de Veículos controlará todas as superfícies de voo e executará as tarefas gerais de gerenciamento de veículos para o veículo aéreo não tripulado MQ-25.

O MQ-25 será a primeira aeronave operacional não tripulada da Marinha dos EUA e foi projetado para fornecer uma capacidade de reabastecimento muito necessária.

O contrato, diz a empresa, apoia o programa de desenvolvimento de engenharia e fabricação da Boeing para fornecer quatro aeronaves MQ-25 à Marinha dos EUA para capacidade operacional inicial até 2024.

“O programa MQ-25 é vital porque ajudará a Marinha dos EUA a estender o alcance da ala aérea embarcada, e a Boeing e nossa equipe da indústria estão entregando essa capacidade”, disse Dave Bujold, diretor do programa MQ-25 da Boeing.

“O trabalho que estamos fazendo também é fundamental para o futuro da Boeing – onde estamos construindo sistemas autônomos, do leito marinho ao espaço”.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. Esse mercado de sistemas autônomos em carros, navios, subs e aviões está disparando! A Embraer que já domina o FBW deveria prestar mais atenção neste segmento! Investir em taxi-aéreo elétrico junto com a manada toda vai consumir tempo e $$$ em P&D (provavelmente $$ do governo) e retorno de margens mixurucas com a GM, TOYOTA, TELSA e outros já experimentam. Quem viver, verá.. Drone militar bem feito é melhor investimento!

Comments are closed.