Um passageiro fotografou a aeronave no solo logo após o pouso de emergência do 787.
Um passageiro fotografou a aeronave no solo logo após o pouso de emergência do 787.

Mais um 787 Dreamliner enfrentou problemas nessa quarta-feira, dia 16 de janeiro. Dessa vez um Boeing 787 da companhia aérea All Nippon Airways (ANA) fez um pouso de emergência no aeroporto Takamatsu, no Japão, após a tripulação observar um alerta relacionado a bateria.

Todos 129 passageiros e oito tripulantes da aeronave foram evacuados pelos escorregadores de emergência, informou um porta-voz da ANA.

“Um erro estava sendo informado na bateria,” disse o porta-voz. “Então o piloto decidiu fazer um pouso de emergência.”

Algumas agências de notícias disseram que foi observado fumaça na cabine de passageiros, mas o porta-voz da ANA não confirmou essa informação.

A aeronave, prefixo JA804A, estava operando o voo 692 na rota Yamaguchi-Ube para Tóquio Haneda. A aeronave havia decolado de Yamaguchi-Ube às 8 horas da manhã, horário local e fez o pouso de emergência às 8:47. A aeronave 787 (MSN 34486) foi entregue para ANA em janeiro de 2012.

A ANA opera 11 aeronaves 787-8s e possui outras 19 encomendadas, além de outras 30 aeronaves 787-9s também encomendadas.

O incidente ocorre apenas uma semana depois de uma bateria pegar fogo a bordo de um 787 da Japan Airlines enquanto a aeronave estava no solo no Aeroporto Internacional Logan em Boston. A FAA (Federal Aviation Administration) está revendo a aeronave 787, conforme anúncio no dia 11 de janeiro.

Fonte: Flightglobal – Tradução: Cavok

Iniciamos o ano de 2013, e eu gostaria de desejar um maravilhoso ano para nossos leitores e amigos. Aproveito para solicitar mais uma vez a ajuda de todos com as contribuições para o site, que ajudam muito nas despesas de hospedagem. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral. Quem quiser também poderá doar através de depósito na conta corrente: Banco do Brasil – Agência: 0181-3 – C/C: 12.742-6 – Favorecido: Fernando Valduga. Desde já meu muito obrigado!




Enhanced by Zemanta
Anúncios

20 COMENTÁRIOS

  1. Gente, relaxem. Vai ser tudo normal até um 787 matar alguém. Falhas acontecem. Mau para a Boeing é ela aparentemente "estar ciente" das falhas que ocorrem e mesmo assim, não groundear os equipamentos para revisão, como a Airbus fez…. Isso é que pega mal… sensação Airbus Style – Tem problema, mas deixa voando até dar merda… se não "dá ruim" com os acionistas… quando um cair, consertam…

    E Boeing é dos EEUU, não tem defeito, tem "aquisição de expertise"… 🙂

  2. Caro Edson_, reclamando do sucesso, Eddie Vedder? 😀 Aqui no CAVOK, mesmo as torcidas que detestam os aviões/indústrias adversários(as), têm lucidez para reconhecer aspectos interessantes nos concorrentes — sem deixar de torcer entusiasmadamente para os seus. Mas não fazer parte, formal, de nenhuma torcida é fazer parte das duas, se assim você quiser (eu tô nessa: gosto de um fabricante ou teco-teco de um lado, acho outro fraco ou ridiculamente feio do outro…). Desfrute da amplitude cavokiana, sem preocupações. É bom…

Comments are closed.