A Boeing inaugurou a linha de montagem do AH-64E Apache para o Emirado do Catar, na sua unidade de Mesa , Arizona.

No sábado dia 13 de outubro, a Boeing abriu a linha de produção para fabricar os helicópteros AH-64E Apache Guardian para as Forças Aéreas do Emirado do Catar, junto das instalações da Boeing em Mesa, Arizona.

O Catar assinou em 2016 um contrato para compra de 24 helicópteros Apache avaliados em US$ 667 milhões, com opções para outros 24 exemplares.

O Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas do Catar, General H E (Piloto) Ghanem bin Shaheen Al Ghanem inaugurou a linha de produção do projeto para produzir os helicópteros Apache para as Forças Aéreas do Emirado do Catar, durante uma visita à fábrica da Boeing em Mesa, Arizona.

A delegação do Catar visita a linha de produção dos helicópteros AH-64 Apache em Mesa, Arizona.

Ele visitou as instalações do simulador de voo da empresa, o que permite que os participantes tenham uma experiência simulada antes de realmente voar, informou o jornal Peninsula.

Ele estava acompanhado pelo Gerente Geral da divisão Boeing Vertical Lift, David Koopersmith; pelo diretor do comitê do projeto Apache, Brigadeiro General (Piloto) Ghanem bin Abdul Hadi Al Shahwani, membros do comitê e vários oficiais das Forças Armadas do Qatar encarregados do projeto.

Além da aquisição dos Apache Guardians, equipamentos associados, serão ministrados treinamentos para setenta pilotos e cem tripulantes em terra.

O primeiro AH-64E da nova frota dos helicópteros de ataque do Catar está programado para entrar em serviço antes do final de 2019. As entregas serão concluídas até o final de maio de 2020.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. bom ,muito bom ,com a vizinhança que tem ,precisa estar preparado e com bom laços com o mega aliado.
    vai que o' principe maudita surta?

  2. A embraer poderia fazer o toma la da ca,passa o kc 390 e pede o Apache em troca…seria interessante

Comments are closed.