KC-46 está liberado para reabastecer caças F/A-18 (acima) e bombardeiros B-52.

A Boeing acrescentou mais aeronaves à lista de aviões militares dos EUA que seu novo KC-46 está certificado para reabastecer.

A fabricante disse que completou o teste de certificação do receptor para o bombardeiro B-52 e o caça F/A-18. A empresa disse ainda que um teste similar com o caça F-15 é o próximo.

Embora as certificações adicionais do receptor não sejam necessárias para a empresa fazer sua primeira entrega do reabastecedor à Força Aérea dos EUA, um porta-voz da Boeing diz que está em preparação para o início do trabalho de Teste e Avaliação Operacional Inicial (IOT&E) no próximo ano.

As certificações de receptores anteriormente concluídas envolvendo o caça F-16, o C-17 Globemaster e o reabastecedor KC-135 eliminaram o requisito mínimo de entrega.

O primeiro KC-46 está previsto para entrega em novembro de 2018.

Aquela primeira entrega pode ocorrer já no meio do próximo mês para a Base Aérea de McConnell, em Wichita, já que os documentos federais revelaram recentemente que a base está, pelo menos, preparando uma cerimônia de entrega para o próximo dia 16 de novembro.

Essa data, no entanto, está sendo usada apenas para fins de planejamento e continua sujeita a alterações. A USAF ainda não anunciou uma data de entrega firme.

A Boeing disse que planeja entregar o primeiro reabastecedor até o final do ano.

McConnell acabará por abrigar 36 dos 179 petroleiros que a Boeing planeja construir para o serviço.


Fonte: Wichita Business Journal

Anúncios