O AH-64 Apache Block 2 Compound apresentado pela Boeing.

Durante a recente realização do fórum anual da The Vertical Flight Society, anteriormente conhecida como American Helicóptero Society, a Boeing divulgou uma imagem de como ficará seu conceito do helicóptero AH-64E Apache equipado com um propulsor adicional na parte traseira.

Quase nenhum dos especialistas tem dúvidas de que os futuros helicópteros de combate poderão ter uma velocidade maior do que as máquinas existentes. Mais ativamente esta questão está sendo desenvolvida pelos Estados Unidos, onde um extenso programa Future Vertical Lift (FVL) está em operação, projetado para fornecer às Forças Armadas helicópteros fundamentalmente novos de várias classes.

Várias empresas já demonstraram sua visão de como resolver a questão do aumento da velocidade, mantendo altas qualidades de combate e um raio de combate satisfatório.

A Boeing utilizou o fórum da organização técnica sem fins lucrativos para o desenvolvimento da aviação vertical, que possui comitês em todo o mundo, para mostrar sua proposta de melhoria no já comprovado em combate AH-64 Apache.

O conceito, chamado AH-64E Block 2 Compound, está sendo desenvolvido como uma das sugestões para o programa Future Vertical Lift (FVL) mencionado acima. “A Boeing está comprometida em fornecer um meio acessível de preservar o atual helicóptero de ataque do Exército dos EUA AH-64 Apache capaz de executar várias tarefas no campo de batalha do futuro até 2060”, disse a Boeing em uma resposta escrita à Rotor & Wing International. “O objetivo da Boeing é propor e implementar novas tecnologias que permitirão ao Apache avançar além do final de 2028”.

Como ficou conhecido anteriormente, o uso da terceira hélice aumentará a velocidade e o alcance do AH-64 em 50%, além de aumentar a eficiência da nova máquina em 24%. Ao mesmo tempo, o preço de um helicóptero deve aumentar apenas em 20%.

A proposta potencial da Boeing surge para suportar a difícil concorrência de novos produtos de outros fabricantes. Por exemplo, recentemente a L3 Technologies e a AVX Aircraft Company mostraram a aparência de um helicóptero de combate super-rápido e inovador para o programa FARA (Future Attack Reconnaissance Aircraft) do Exército dos EUA. Além do rotor coaxial, o helicóptero recebeu dois propulsores nas laterais da fuselagem.

Anúncios