O Boeing CH-47F Chinook teria ficado com a melhor proposta comercial na competição indiana, com as propostas abertas no final de setembro. (Foto: Boeing)

Os EUA estão preparados para fechar mais um mega-acordo de defesa com a Índia, com o icônico helicóptero de transporte pesado Boeing CH-47F Chinook saindo como a opção mais barata do que o seu forte concorrente russo Mi-26T2.

Fontes do Ministério da Defesa disseram que o lance comercial para o Chinook com dois rotores, que participou nas ações recentes no Iraque e no Afeganistão, emergiu como o “L-1 (lance menor)” em comparação com o Mi-26 depois que ambos os enormes helicópteros passaram pelos extensos testes de campo realizados por técnicos da Força Aérea Indiana (IAF).

“O presente contrato é para 15 unidades desses helicópteros multimissão. O lance do Chinook foi menor tanto em termos de custo de aquisição inicial direta, bem como custo de ciclo de vida. A comissão de negociação do contrato agora irá finalizar o negócio para o Chinook”, disse uma fonte .

Conhecido por seus poderosos rotores contra-rotativos em tandem, os Chinooks estão sendo operados por cerca de 20 países para assalto, transporte pesado, movimento de tropas, apoio logístico, até para resgate em combate e operações especiais. Capaz de ser reabastecido em voo para alcance estendido, um Chinook pode transportar 55 soldados prontos para o combate ou mais de 11.100 kg de suprimentos logísticos ou peso.

Esta é a segunda vez que os helicópteros americanos têm superado – técnica e comercialmente – os seus homólogos russos nos últimos meses. Como noticiado anteriormente, a Índia está se preparando para encomendar 22 helicópteros de ataque Apache por cerca de US$ 1,4 bilhão.

O helicóptero Boeing AH-64D Apache Longbow Block III cumpriu todos os requisitos qualitativos da aeronáutica (ASQR), mas o seu concorrente russo Mil Mi-28N Havoc da fabricante Moscow Helicopter não tinha conseguido passar em alguns testes durante a avaliação em campo realizada pela IAF.

No geral, as forças armadas indianas estão visando encomendar 900 helicópteros na próxima década, incluindo 440 unidades utilitárias leves e de observação, 90 para a tarefa multimissão naval, 65 decombate leve, 22 de ataque pesado, 139 de transporte médio e 15 de transporte pesado, entre outros. Vários destes projetos de aquisição e de produção estão ainda passando pelo longo processo de aquisição.

Os EUA estão cada vez mais fechando pacotes de venda de armamentos para o lucrativo mercado de defesa indiano, tendo já marcado vendas militares no valor de mais de US$ 8 bilhões nos últimos anos. Estes incluem o contrato de US$ 4.1 bilhões para 10 aeronaves de transporte aéreo estratégico C-17 Globemaster III, US$ 2,1 bilhões para oito aeronaves de patrulha marítima P-8I e 962 milhões de dólares por seis C-130J Super Hercules. As negociações também estão sendo finalizadas para a aquisição de mais seis C-130J, assim como mais quatro aeronaves P-8I.

Os EUA estavam incomodados por seus caças F-16 e F/A-18 terem perdidos para o francês Rafale no programa MMRCA de quase US$ 20 bilhões que prevê o fornecimento de 126 jatos de combate médio para IAF, que está em fase de negociações comerciais finais.

Fonte: The Times of India – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo.

Desde já meu muito obrigado a todos.
Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta
Anúncios

38 COMENTÁRIOS

  1. Isso era evidente que o Chinook ia ter um preço menor tanto de aquisição, quanto de manutenção, mas mesmo assim não deixa de desmerecer o Mi-26 que deveria ser colocado em outra categoria, esse helicóptero e gigante pode transportar quase 100 militares um Hércules de asas rotativas, também 20.000 kg de capacidade de transporte.

    Algumas fotos, mostrando o por que de ser o Hércules dos helicopteros.

    Essa levando um Tupolev – 124
    http://3.bp.blogspot.com/-u2pvVy3UUZA/T9-AOpLP5JI

    Essa um caminhão.
    http://1.bp.blogspot.com/-CyrvRVX5E78/T9-AM7Ds0CI

    Essa do seu concorrente.
    http://1.bp.blogspot.com/-M9HT_pdlAmI/T9-ANfXU9RI

    Essa não sei que avião que é.
    http://1.bp.blogspot.com/-wh6xDJi4Ono/T9-AN8VE2gI

    E essas de um Tupolev 134.
    http://4.bp.blogspot.com/-R3MshSeTVLI/T9-AQcbcmQI
    http://2.bp.blogspot.com/-xR3HeEA580k/T9-ARH9SjtI
    http://2.bp.blogspot.com/–hqiSxZycqE/T9-APCuz05I

    Isso sem contar um mamute congelado num bloco de gelo de 25T.

    Um vídeo mostrando um pouco do que ele consegue transportar.
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embed…!

    • bom sujeito! Chinook comprando decisão puramente política para Tamu esquadrão mndiya mesmo tem pesado Mi-26T, 10 unidades

      Chinook e halo é como um rato e um elefante são classes completamente diferentes

    • Com todo o respeito mas toda essa propaganda dos feitos do Mi-26 não possui razão alguma de ser. Talvez para os indianos a capacidade de carga nesse caso fosse irrelevante, e estivessem à procura de um helicóptero mais versátil, algo que seguramente o Chinook é

      • por mais que se goste do Mi-26, se os requisitos forem mais complexos, e aeronave precisar ser mais sofisticada em aviônicos e por cosequencia mairo verstilidade, como falou o HMS,, acho difícil o Chinook não sobrepujar o Mi-26…

    • A parte do vídeo em que o Mi-26 carrega nada menos que um Chinook é bem emblemática.

      Creio que a escolha dos indianos buscou diversificar o fornecedor, além de poder contar com um heli de transporte de menor porte.

  2. Parabéns à Boeing, cujo aparelho se impôs como o melhor para a Índia. E é sintomática, especialmente no aspecto geopolítico, essa segunda vitória seguida de aparelhos norteamericanos ante aos russos.

    • A Índia está armado com 10 Mi-26T
      Boeing ganha? vitória que os índios não querem depender de um único fornecedor, porque muitos países fazem
      Chinook foi originalmente selecionado primeiro eo Mi-26 foi convidado para o registro, de acordo com as leis indianas no concurso será de pelo menos dois membros

      Explique-me do que ganhar? vitória é que todo o tráfego pesado no Afeganistão fazem os pilotos russos no Mi-26?
      é uma frase para você, eu vou primeiro dizer e depois eu vou pensar !http://www.youtube.com/watch?v=QF5pqwFFik4
      MI-26 é um helicóptero que não tem análogo no mundo BOEING-YOU VOSKHVOLYAETE e ele ainda não pode repetir http://www.youtube.com/watch?v=TC_mYYl-6rw

    • "essa segunda vitória seguida de aparelhos norteamericanos ante aos russos" e a perda dos aparelhos norte americanos para os aparelhos Franceses.

      Apenas um complemento! 😀

  3. fiquei surpreso. sem duvida considero o mil mi-26 melhor…bom a escolha é dos hindus.

  4. Por que a turma russófila tem que justificar cada derrota dos russos ?!

    Perdeu perdeu..

    Mas não se preocupem quem sabe o Halo virá para cá em troca da suspensão do embargo da carne..

    Como na índia a vaca é sagrada, os russos não tem como fazer esta chantagem barata 😀 😀 😀 😀 😀 😀 😀

      • Aproveitando sua linha, Francisco. Lembro de alguns evocando "argumentos" como "a Índia é uma republiqueta corrupta de quinto mundo", "tem maracutaia, propina, suborno", "mentira que é o L1, é manipulação" e coisas do tipo quando da escolha do MMRCA. Vamos ver se evocam tais "argumentos" novamente nesse caso…

      • A sua neurose rafaliana, é irritante…

        Não disse que os indianos são bons ou ruins, mas afirmo que são incoerentes…

        Uma concorrência entre Chinook e o Halo é completamente sem sentido.

        Os russos tem algo da categoria do Chinook ou os gringos algo da categoria do Halo?

        Deveriam ter feito a compra direto e pronto.

        É FMS mesmo, não muda o preço.

        • mas não se irrite (by Chaves)
          e eu discordei que eles são "incoerentes"? eu quero saber se são corruptos agora?! são ou não são! não to falando de bom ou ruim!
          sobre o Rafale, é que a verdade doi! e se puder levar esta dor de cotovelo aos que se incomodam com a tecnologia francesa incomodando a americana, por simples neurose americo-way-of-lyfe, o farei!
          e a despeito do que tu pensa, os Indianos tem suas razões! não te vi criticando a FAB pela patuscada do FX-2… Projeto mono concorrendo com caças pronto biturbina…

          • Os comentários infantis são seus, não meus.

            Pode insistir no que você quiser, pouco venho aqui mesmo.

            • sim claro, tu és o "pica das galáxias!" o maduro sabe-tudo! que vem aqui só para falar com os "plebeus" infantis… tu não sabe como faz falta a tua presença! o pessoal fica perguntando e tal…

              agora vamos a realidade:

              para quem acompanha novela tu tá muito "madurecido"….

              Tu és um filho de papai que não saiu da tutela familiar… e quer falar em infantilidade? tá bom… se irrita assim que é "desmanchado" nas falácias! até agora não respondeu sobre o MMRCA e os "corruptos" Indianos… só enrolou e provocou para desvirtuar o assunto… veio com o papo de que os indianos são Contraditórios… como se fosse verdade absoluta, e não explica situações
              Tu aqui nunca fez e nunca fará falta, pela simples razão de que só aparece para causar tumulto, lá no blog dos teus compadres tá chato não é? pois falam todos a mesma língua! todos estão "certos"!
              Vir aqui dar uma de "garoto tumultuador" amando dos editores de "acolá" não é mole… mas aparece mais ara tomar choque! e manda um "abraço" para os compadres!

    • e vou além, as USA em termos de transporte estão faturando alto na India… como se vê, medo de por todos os ovos numa sesta só era mais uma conversa fiada para desmerecer o vencedor do MMRCA… quiçá a outra de "um recado para Washington"… aquela foi forte! mas a verdade mesmo é que o melhor venceu! e no caso dos grandes helis a coisa é um pouco diferente, venceu o mais adequado, pois não se pode comparar os 2… se a India precisasse de um que levante o concorrente, literalmente, em peso, qual seria o escolhido? são categorias bem diferentes, apesar de serem os maiores, modernos e disponíveis hoje…

      • Mandou muito bem como é de costume Broe! Como o MMRCA e as aquisições de C-17, P-8, AH-64 e agora a do CH-47 demonstram as aquisições indianas se norteiam por critérios técnicos e geopolíticos. Eles não colocam todos os ovos na mesma cesta. No caso em tela, se os indianos quisessem um levantador de pesos teriam pura e simplesmente comprado mais Mi-26 (eles já tem 10 aparelhos em serviço), mas ao que tudo indicam queria um aparelho mais versátil, que é o caso do Chinook. E voltando ao Brasil, é justamente a teoria dos ovos na cesta que é o maior empecilho ao Rafale no FX-2 visto que os gauleses já faturaram os Subs(uma compra grande) e os Helicópteros.

        Abração!

        • Bro, eu falei, penso eu, sobre os ovos na cesta, que se tiverem que ser serão, não vão comprar o que não lhe atende só pq seria do mesmo país… os Indianos tem relações muito boas com seus fornecedores! 2 até são comuns ao seu inimigo direto… abs! e obrigado pelo elogio! 🙂 sabes que é recíproco, indiferente de termos visões diferentes!

    • Rodrigo o Rustam já respondeu, o preferido desde o inicio era o Chinook, mas como lá tbm tem lei não dá pra fazer licitação somente com um concorrente, chamaram o Mi-26 pra fazer peso só isso, eles já tem 10 Mi-26 que com certeza vão ser modernizados logo, ou seja que perdeu ninguém.

      • Perdeu perdeu…

        Sem desculpas…

        Sem tem 10 era para ter 20 agora.

        Vocês dão mais crédito ao russo do que ele merece..

        Sempre que algum cacareco made In russia perde uma concorrência ele apela para a corrupção do comprador.

    • Rodrigo o Rustam já respondeu, o preferido desde o inicio era o Chinook, mas como lá também tem lei não dá pra fazer licitação somente com um concorrente, chamaram o Mi-26 pra fazer peso só isso, eles já tem 10 Mi-26 que com certeza vão ser modernizados logo, ou seja quem perdeu ninguém.

  5. Quando for anunciado e sacramentado a reduçao dos SUs50 indianos de 200e poucos para apenas 130 avioes e,saberem que o motivo sera´a compra do odiadinho F35 ,haja deduçoes odiosas !Ha 1ano e seis meses eu disse que o MRNA so seria completado se desse jabu no SU50,houve meio jabu e ai esta o rafale na india,agora anotem e despos mandem comprimentos:A India estuda seriamente transformar a grana paga aos russos pelo pak fa ,em compras de outros armamentos russos,incluindo subs nucles e mais um PA,anotem o prazo de 2020 foi dado pelos indus,se o su50 estiver ainda em desenvolvimento a india desiste dele! Nao e´fake !

  6. Como já foi informado pelo Rustam, a Índia já possui 10 reboques de Chinook, portanto, foi um bom negócio.

    • Caro Romanov, "reboques de Chinook" = Mi-26? 😀 Sem mais para o momento.

  7. Eu nem toquei no assunto do MMRCA fica ai na sua cadeirinha de criança fazendo barulho de motor de avião, que eu tenho um dept para tocar.

    Boa noite!

  8. Não seria por que aqui é um tópico de helicópteros e o mundo, pelo menos o meu, não gira em torno do MMRCA?

    Estou com receio que você não esteja conseguindo dormir direito, até o dia que assinarem o MMRCA…

    Fica na na frente do consuladi indiano fazendo protesto…sequestra uma vaca e fala que vai matá-la senão assinarem logo

    🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂

    Vou para casa, ja me diverti muito as suas custas hoje!

    Boa noite e veja se fica contando Rafales para dormir, só assim para ele ter um nro alto.

    • Pessoal, o que deu em vcs hoje? Só vejo gente trocando farpas para tudo quanto é lado.

      Vamos ter mais paciência? Eu estou perdendo a minha.

      Abraços,

      Valduga

    • O seu "mundo" gira em torno de si mesmo!
      quem não dorme pelo MMRCA não sou eu, te lembro, e aqui muitos sabem, que eu gostaria de ver o SH e "tudo" que poderia vir com ele, na FAB, só não misturo as coisas, não misturo ideologia com realidade…
      só age assim quem não sabe diferenciar as coisas sem meter o "gosto/desejo" pessoal no meio,
      como já lhe disse milhares de vezes: pare de querer que todos aceitem suas bobagens sobre os equipamentos franceses, russos etc…, isso, aqui, não vai acontecer, não é pq vc "viajou" para os USA e lá
      foi bem tratado, ou não?! que tu tem que ficar pagando vale para os americanos em tudo, não importa qual equipamento se avalie…

      Mas e o MMRCA? vai continuar enrolando? os Indianos são corruptos ou não?

Comments are closed.