Helicóptero CH-47F Chinook de número 500.

A Boeing anunciou que entregou o 500º helicóptero CH-47F Chinook, que atualmente está em serviço com o Exército dos EUA e clientes de vendas militares estrangeiras.

O CH-47 Chinook é pilotado pelo Exército dos Estados Unidos e pelas forças militares de nações aliadas desde 1962. Os helicópteros modelo CH-47 foram amplamente utilizados na Guerra do Vietnã e na Guerra do Golfo de 1991, bem como no Afeganistão e Iraque. Os CH-47 são imensamente importantes no fornecimento de mobilidade para os exércitos modernos.

Esta versão mais recente do Chinook apresenta as lições aprendidas no Afeganistão e nos conflitos armados dos últimos anos.

No Afeganistão, o CH-47D era indispensável porque o helicóptero de rotor duplo podia operar em altitudes de montanha muito altas para o UH-60 Blackhawk e entregar até 30 soldados e toneladas de carga.

O CH-47F foi projetado para incluir melhorias projetadas para tornar o helicóptero mais confiável e mantê-lo voando por mais tempo.

A fuselagem foi redesenhada para torná-la mais robusta e resistente à corrosão. A nova versão CH-47 também foi projetada para facilitar a preparação para o embarque na fuselagem de um avião de carga C-5 ou C-17. Externamente, o CH-47F se parece com um CH-47D, exceto por uma nova pintura projetada para dificultar a localização do helicóptero.

A versão mais recente do helicóptero contém novos aviônicos, uma rampa redesenhada e incorpora novas contramedidas contra mísseis terra-ar.

A maior mudança no novo CH-47 é o conjunto de instrumentos totalmente digital com um cockpit no conceito glass, que substitui muitos mostradores por leituras integradas de computador. Conhecido oficialmente como Sistema de Arquitetura Aviônica Comum, o conjunto de leituras de computadores incorpora informações para os pilotos de aeronaves em um formato facilmente gerenciado. As novas leituras digitais foram projetadas para refletir as lições aprendidas em combate no Iraque e no Afeganistão.

Anúncios