A Boeing entregou o primeiro F/A-18E Super Hornet atualizado sob o contrato de modificação de vida útil (Service Life Modification – SLM) para a Marinha dos EUA.

Segundo a Boeing , mais cinco Super Hornets atualizados serão entregues este ano, com a segunda aeronave sendo entregue no final de fevereiro.

O SLM fornecerá um recurso crítico para a Marinha capitalizar novamente aeronaves de longa data e devolvê-las à frota em uma condição quase nova“, disse o Capitão Stephen May. “Isso reduzirá a carga de trabalho sobre nossos mantenedores, nosso sistema de suprimentos e nossos estoques de peças“.

Em maio de 2019, a Boeing assinou um contrato com a Marinha dos EUA no valor de US$ 163,9 milhões para continuar modernizando o Super Hornet sob o programa de modificação da vida útil, anunciado em 2016.

De acordo com a Boeing, agora existem 15 Super Hornets no programa SLM. Cada aeronave consome 18 meses para concluir as modificações, embora esse tempo deva diminuir à medida que o programa progride.

As atualizações dos programas SLM devem estender a vida útil de cada aeronave de 6.000 para 7.500 horas de voo, com planos de modificação futura estendendo a vida útil  para 10.000 horas.

Além de sofrer modificações que aumentam sua vida útil, a aeronave passará pela conversão do Bloco III, que inclui capacidade de rede aprimorada, tanques de combustível conformais (conformal fuel tank – CFT), um sistema avançado de cockpit, melhorias na diminuição da assinatura radar e um sistema de comunicação aprimorado.


FONTE: UPI


NOTA DO EDITOR: “O SLM fornecerá um recurso crítico para a Marinha capitalizar novamente aeronaves de longa data e devolvê-las à frota em uma condição quase nova – Martelinho de ouro, hein…

Anúncios