A Boeing entregou a primeira aeronave de caça F/A-18 Super Hornet à Marinha dos EUA sob o programa SLL (Service Life Modification).

O segundo jato SLM será entregue pela Boeing até o final do mês e a companhia entregará o terceiro F/A-18 em abril.

O Super Hornet inicial entregue pelo programa terá uma vida útil prolongada de 6.000 para 7.500 horas de voo. Os futuros planos de modificação no início dos anos 2020 permitirão que os jatos voem 10.000 horas e incorporem os novos recursos do Bloco III.

“O SLM fornecerá um recurso crítico para a Marinha capitalizar novamente aeronaves que permanecerão um longo tempo em serviço para devolvê-las à frota em uma condição quase nova”, disse o capitão Stephen May, co-líder do PMA-265 para aeronaves E/F/G. “Isso reduzirá a carga sobre nossos mantenedores, nosso sistema de suprimentos e nossos ativos em nível de depósito na empresa”.

Atualmente, existem 15 Super Hornets no programa SLM nas linhas de produção em St. Louis e San Antonio. Demora 18 meses para concluir as modificações em um F/A-18, embora esse tempo seja reduzido para um ano à medida que o programa avança. A Boeing entregará mais cinco Super Hornets este ano.

A conversão do Bloco III incluirá capacidade aprimorada de rede, tanques de combustível conformais, um sistema avançado de cockpit, melhorias de assinatura e um sistema aprimorado de comunicação. As atualizações devem manter o F/A-18 em serviço ativo nas próximas décadas.

Anúncios