Boeing T-X (BTX) durante voo de testes.

A Boeing iniciou testes de voo de engenharia e desenvolvimento de fabricação (EMD) do avião de treinamento T-X que está sendo desenvolvido com a parceira Saab para a Força Aérea dos EUA (USAF).

A primeira surtida EMD, anunciada pela empresa no dia 1º de julho, envolveu a aeronave T-X “N381TX” da Boeing, que partiu da fábrica em St Louis, Missouri.

Nenhum detalhe foi revelado sobre a natureza ou a duração do teste de voo, embora o chefe de testes da Boeing, Steve ‘Bull’ Schmidt, tenha observado: “Foi muito bom. Ela voou soberbamente durante o primeiro voo. O programa de teste EMD e os primeiros pontos de teste foram realizados sem problemas.”

Com duas aeronaves EMD até agora construídas (a Boeing fez questão de enfatizar que estas não são protótipos, no sentido tradicional da palavra, mas plataformas totalmente configuradas), e 71 voos de teste foram realizados entre dezembro de 2016 e dezembro de 2018. Desde então, a Boeing e a Saab analisou os dados antes do início dos testes de voo EMD.

O Boeing T-X apresenta um único motor General Electric Aviation GE404, um cockpit com WAD (display de área ampla) e um sistema de arquitetura aberta. A USAF deve receber 350 aeronaves para substituir os atuais Northrop T-38 Talon que estão em serviço desde a década de 1960.

Com o primeiro conjunto de aeronaves devendo ser entregue na Base Aérea de Randolph, no Texas, em 2023, a capacidade operacional inicial (IOC) está programada para 2024. A produção na recém-inaugurada instalação em Indiana será de aproximadamente 60 aeronaves por ano.

A Boeing explicou que o seu T-X foi construído especificamente para a exigência da USAF, com Ted Torgerson, chefe de programa do Programa Avançado de Treinamento de Pilotos T-X (ATP), notando: “É um sistema flexível de arquitetura aberta que fará o que precisa ser feito à medida que a Força Aérea dos EUA determinar seus futuros requisitos de treinamento de pilotos”.


Fonte: Jane’s

Anúncios

6 COMENTÁRIOS

    • Tô aqui tentando entender o que uma coisa tem com a outra..
      A parceria da SAAB? Então como é Boeing, também poderia ser um mini F-15 mini F-18..
      Ou seja, nada a ver.

      • E NÃO É PRA ENTENDER MESMO, foi só uma brincadeirinha com a parceria da Saab, para descontrair mesmo.

  1. Um jatinho simpático. Armado, vai cair como uma luva para muita FA que não aguenta comprar e manter F-18, F-15, F-35, etc.

Comments are closed.