A Boeing deverá receber este ano um novo contrato para produção de 600 novos e remanufaturados helicópteros AH-64E Apache.

O Exército dos EUA deve conceder o segundo contrato plurianual para a produção e remanufatura de helicópteros de ataque AH-64E Apache à Boeing.

O Comando de Contratação do Exército emitiu um aviso de solicitação para a aquisição de até 600 aeronaves AH-64E Apache.

Embora o serviço pretenda que a aquisição seja exclusivamente fornecida à Boeing, o prêmio está aberto para qualquer empresa interessada na oferta para apresentar uma resposta até 17 de julho.

O contrato cobrirá os lotes 12-16 da produção total dos helicópteros Apaches.

O prêmio proposto é para um contrato plurianual de cinco anos ou contrato de um ano com opções para produção ou remanufatura da aeronave, nos anos fiscais (ano fiscal de 2022 até o ano fiscal de 2026).

Após a concessão do contrato, a Boeing iniciará a remanufatura e a produção dessas 600 aeronaves para o Exército dos EUA e para quaisquer possíveis clientes internacionais.

O primeiro contrato plurianual de US$ 3,4 bilhões para o AH-64E Apache foi concedido à Boeing em março de 2017.

Sob o primeiro contrato, o Exército dos EUA deveria receber 244 Apaches remanufaturados, enquanto um cliente internacional não revelado deveria adquirir 24 novas unidades.

A Boeing produz o Apache em sua instalação de Mesa, no Arizona, EUA. A empresa iniciou as entregas do modelo “E” em outubro de 2011. O modelo “E” é atualmente a versão mais avançada do Apache.

A empresa entregou o primeiro Apache, um AH-64A, ao Exército dos EUA em janeiro de 1984.

Desde então, a Boeing fez mais de 2.200 entregas de helicópteros de ataque AH-64 Apache para os EUA e outros países como Egito, Grécia, Índia, Indonésia, Japão, Coréia, Kuwait, Holanda, Catar, Arábia Saudita, Cingapura, Emirados Árabes Unidos e o Reino Unido.

Em 2016, a empresa concordou em entregar 50 AH-64Es ao exército britânico.

Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. Em atenção ao último bloco de texto, eu acho que a Boeing concordaria em entregar Apaches para qualquer um que pague por eles — quem embaça o negócio é o Capitol Hill… 😀

  2. 600 Helicópteros apache… Seiscentos… meu Deus do céu…
    Tem que juntar muita Força Aérea por ai pra dar o numero só dessa encomenda…

    • Amigo quando o quesito é defesa os EUA vagam anos luz a frente de qualquer país… até frente aos seus parceiros Europeus…

      • Aqui já não falamos mais em Defesa, trata-se de projeção de poder pelo mundo, é muita coisa …

  3. Os caras sem pompa anunciam intenção de comprar só 600 apache, enquanto aqui é festa e buffet pra brigadeiro e cia anunciar Retrofit em alguma porcaria dos anos 60.

    Com muita fé, talvez lá pra 2030 nós compramos uns 12 Apache usados, dos modelos iniciais oriundos do "Amarg" do USARMY.

Comments are closed.