O Departamento de Defesa dos EUA deu recentemente à Boeing uma extensão de contrato no valor de US$ 238 milhões para modernizar mais caças F/A-18 Hornet e Super Hornet para a Marinha e Fuzileiros Navais dos EUA.

De acordo com a Boeing, o trabalho na unidade de Cecil Field da empresa manterá a aeronave moderna e pronta para a missão. Inclui inspeções de alta hora de vôo, inspeções de manutenção periódicas, reparos em serviço, modificações, atualizações e engenharia.

Nossa missão é apoiar o esforço da Marinha para melhorar a prontidão“, disse o diretor de programa de sustentação do F/A-18, Travis McBurnett. “Desde 1999, a equipe de campo de Boeing Cecil retornou 880 caças F/A-18 modificados ou reparados à marinha e aos fuzileiros navais. Estamos ansiosos para oferecer muitos mais nos próximos anos.

Apesar da atualização, a frota de caças F/A-18 da Marinha dos EUA (USN) atualmente enfrenta problemas com os sistemas de oxigênio e pressurização, causando hipóxia aos pilotos.

Toda a família de caças F/A-18 vem sofrendo o problema, que possui uma alarmante taxa de ocorrência. Embora uma solução ainda esteja sendo desenvolvida, a USN já está conscientizando seus pilotos sobre o problema.

SEM COMENTÁRIOS