O bombardeiro atualizado vai entrar em serviço em outubro. (Foto: UAC – Imagem ilustrativa)

O bombardeiro estratégico russo Tupolev Tu-22M3M com o novo míssil de cruzeiro supersônico Kh-32 vai entrar em serviço com a Força Aeroespacial Russa em outubro, disse uma fonte do setor de defesa doméstico à TASS na terça-feira.

De acordo com o plano existente, o primeiro Tu-22M3M com o mais avançado míssil de cruzeiro de longo alcance Kh-32 entrará em serviço com a aviação de longo alcance em outubro deste ano“, disse a fonte.

O CEO da Tupolev Aircraft Company, Alexander Konyukhov, disse à TASS que o primeiro bombardeiro Tu-22M3M modernizado voaria pela primeira vez em agosto deste ano.

Outra fonte disse que longos testes não serão necessários e que “apenas alguns vôos serão realizados para confirmar suas características técnicas declaradas“.

Como a fonte especificou, durante a sua atualização, o bombardeiro foi equipado com novos aviônicos, um novo sistema de navegação e mira e outros equipamentos de rádio-eletrônicos.

O avião foi remotorizado: motores NK-25 com vida útil completa foram instalados nele“, disse a fonte.


FONTE: TASS

2 COMENTÁRIOS

  1. Não sei que base de estudos leva a RÚSSIA à seguir recauchutando esses monstros da guerra fria. Estou achando que o dinheiro é curto e a necessidade imediata. Enquanto os EUA já estão no programa B21 Raider os Russos ainda modernizando bombs dos anos 70 e 80…. Mas não desmerecendo, pois devem ter muitos estudos que avalisem estas medidas.