B 45 0 - Bombardeiros do pós-guerra: North American B-45 TornadoDesde o fim da Segunda Guerra Mundial, os bombardeiros passaram por rápida evolução: do tipo propulsionado por motor a pistão, que lançava bombas em queda livre, até o modelo supersônico de alto desempenho, equipado com armas nucleares.

O primeiro bombardeiro a jato produzido fora da Alemanha, o North American B-45 Tornado, realizou seu voo inaugural no dia 17 de março de 1947. Em novembro de 1948, a versão inicial (B-45A) entrou em serviço. Sua configuração era convencional em quase tudo. O navegador/bombardeador ocupava o espaçoso nariz pressurizado e os dois pilotos sentavam-se numa cabina em tandem com abertura de múltiplas vidraças, na parte frontal e superior do aparelho. A porta de acesso da tripulação ficava na frente, no lado esquerdo da fuselagem. Um artilheiro alojava-se no compartimento pressurizado da cauda.

Devido à maior capacidade do B-47, somente 96 aparelhos B-45A foram construídos, seguidos de dez B-45C, mais fortes e potentes, que se distinguiam pelos grandes tanques nas pontas das asas.

B 45 1 - Bombardeiros do pós-guerra: North American B-45 Tornado
O B-45 foi o primeiro bombardeiro americano quadrijato e prestou bons serviços na Europa. Na versão RB-45C de reconhecimento fotográfico para espionagem, entrou em ação na Coréia.

Posteriormente, modificaram-se muitos modelos B-45A para o padrão do B-45C. Os 33 aviões finais da classe foram aviões de reconhecimento fotográfico RB-45C, alguns dos quais operaram sobre a Coréia. Tinham, eventualmente, sob as nacelas dos motores, tanques de injeção a água descartados após a decolagem.

Um esquadrão de bombardeiros B-45C operou a partir de bases britânicas, embora continuasse sendo de propriedade da Força Aérea dos Estados Unidos e usasse tripulações americanas. Nunca se revelaram detalhes a respeito de como operavam (presumivelmente em missões de espionagem). Os últimos aviões B-45 foram para a reserva em 1958.


Características

Tipo: Bombardeiro tático leve de três lugares.

Propulsão: Quatro turbojatos General Electric J47-GE-13/15 com 2.359 kg de empuxo.

Desempenho: Velocidade máxima, 932 km/h, a baixa altitude; teto de serviço, 13.165 m; alcance, 3.074 km.

Pesos: Vazio, 22.182 kg; máximo, 51.235 kg.

Dimensões: Envergadura, incluindo os tanques das pontas das asas, 29,26 m; comprimento, 22,96 m; altura, 7,68 m; área alar, 109,2 m².

Armamento: Duas metralhadoras de 12,7 mm na torre da cauda; carga de bombas interna, até 9.979 kg.


FONTE: Máquinas de Guerra


Próximo: Bombardeiros do pós-guerra: Boeing B-47 Stratojet

Anterior: Bombardeiros do pós guerra: Convair B-36 Peacemaker

Anúncios

5 COMENTÁRIOS

  1. Interessante o desespero por desempenho: quatro motores e não dava 10 000 kg de empuxo… Mas legal, nao tinha visto fotos dele!

Comments are closed.