Dois bombardeiros estratégicos russos Tupolev Yu-22M3 Backfire.

Bombardeiros Tu-22M3 da Força Aérea Russa realizaram com sucesso nessa sexta-feira vôos de patrulha no mar Báltico e Negro, disse o porta-voz russo do Ministério da Defesa, Vladimir Drik.

“Quatro bombardeiros supersônicos de longo alcance Tu-22M3 partiram de bases aéreas nas províncias de Nizhni Novgorod e Kaluga, realizaram seus voos de patrulha com êxito,” disse Drik.

Ele acrescentou que os voos ocorreram ao longo das fronteiras da Rússia sobre águas neutras dos mares Báltico e Negro. Os voos duraram de 4 a 6 horas respectivamente.

Durante a missão de patrulha, a equipe de pilotos dos Tu-22M3 aperfeiçou seus conhecimentos em áreas desconhecidas e realizou uma série de manobras para coordenar com as equipes das unidades noroestes de Su-27 da Força Aérea e Defesa Aérea da Rússia.

“Todos os vôos realizados pelos aviões da Força Aérea Russa foram conduzidos em estrita observância das normas internacionais relativas ao espaço aéreo sobre águas neutras, sem violar as fronteiras de outros países”, disse Drik.

Fonte: RIA Novosti – Tradução: Cavok

Dica do amigo Wagner. Obrigado 😉

Anúncios

18 COMENTÁRIOS

  1. Muitos veem com indiferença o uso de bombardeiros estratégicos pela Rússia, argumentando que os EUA tem contra medidas de sobra pra esse tipo de aeronave.

    Se esquecem que existem dezenas de republiquetas européias que fazem parte da OTAN, fora outros pequenos estados que num fetichismo de subserviencia aos EUA almejam de forma indecente escaparem da órbita de influencia russa e passarem para o lado da OTAN.

    Pra esses paisecos podem ter certeza que o TU-22M é um grande tacape. O ultimo deles foi a Geórgia, que aprendeu a lição e não houve nada que os EUA pudessem fazer além de observarem de uma distancia segura.

    • Quer dizer que a subserviência a estas pequenas republiquetas á Rússia é valida, mesmo que se mantida ás custas de opressão militar???

      Depois eu tenho que escutar toda aquela cantilena da esquerdalha sobre o grande satã EUA??? Oras, me poupem… os EUA mal colocam uns mísseiszinhos na Europa e a Rússia choraminga feito uma moçoila desvirginada… e depois temos que aturar estes russos bebados fazendo cara de machão. Piada, né?

      Lenin dizia “Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é!"
      Até hoje seguem a receita.

      • "Lenin dizia “Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é!”
        Até hoje seguem a receita."

        Esta receita é utilizada universalmente, pela direita, pela esquerda, pela esposa ou marido que que está traindo o parceiro, pelos políticos de todos os países, por policiais que plantam provas, pelos grandes terroristas governamentais em suas guerras mundo afora, etc, etc,etc…

        • Pode até ser verdade isto… pode… mas mesmo assim isto seria algo implícito, algo que qualquer ser humano normal sentiria vergonha de assumir ou reconhecer, ou seja, é algo que nós, dentro do possível, procuramos evitar.
          Lenin abraçou isto como regra fundamental do seu espírito torpe e nefasto.
          Vamos colocar as coisas em suas devidas proporções, por favor.

    • KKKKKKKKKKKKKKK !!

      Fetichismo de Subserviência foi demais !! Excelente Relojoeiro !! KKKKKKKK !!

    • Os bombardeiros, hoje, não voam direto para o território inimigo, como antes. Agora eles voam para pontos específicos, e distantes das fronteiras inimigas, onde disparam salvas de mísseis de cruzeiro… Por isso, se tornaram ainda mais temíveis.

  2. Monstros, não? Absolutamente complexos… Pena memso não haverem muitos destes em plena operação.. a VVS nao pode se dar ao luxo de ter mais do que 12 destes operando… Mas é uma máquina fantástica…

    • caro kwhvelasco,
      a Rússia tem 120 destes aparelhos na ativa e diversos outros na reserva, totalizando mais de 200. Vc deve estar confundindo com o Tu-160, esses ,sim, pouco numerosos ( cerca de 20 )

      • Com certeza confundi o numerário. Mas estes 120 são da variante M3,e são modernizados? acho que os plenamente operacionais são menos do que estes 120 que efetivamente operam. Obrigado pela correção!

    • Deve-se considerar que a Europa não tem nada que se compare a estes excelentes aviões.

      E essa situação existe faz o que, 40 anos ???

      A Rússia está na vantagem até hoje, nesse aspecto.

  3. Passarinhos bonitos. Os descuidos fatais do conflito Rússia-Geórgia de 2008, onde Moscou venceu, embora tenha perdido várias aeronaves para mísseis terra-ar, não voltarão a acontecer. O belíssimo e valioso Tu-22M3-R derrubado, e seus três destacados tripulantes mortos, foram o ápice do semancol. A VVS finalmente entendeu que os tempos e as táticas mudaram. O reconhecimento, a análise detida das informações e a supressão das defesas antiaéreas de um inimigo, mesmo "pequeno", não devem mais começar durante um conflito — mas bem antes, pelo acompanhamento de quaisquer modernizações feitas naquilo que os prováveis adversários já possuírem ou compras avulsas. E isso tudo, sem esquecer de repotencializar seu próprio material, pois as aeronaves russas estavam merecendo alguma atualização nas contramedidas e nada saía… A derrubada do citado Tu-22M3-R, por um dos mísseis 9M38M dos sistemas Buk-M1, vendidos pelos ucranianos e modernizados e apoiados até pouco antes da peleja pela bielorussa Tetraedr e pela russa Almaz (!), foi uma bobeada apontada por muitos, depois. Eles nem imaginavam que aquilo se voltaria contra eles e algumas autoridades russas nem lembravam do envolvimento nacional na modernização recente do inimigo…

  4. É um baita de um avião. Imagina o quanto não deve ser o custo de operação.

  5. gosto disso,sou nostálgico,gosto do tempo da guerra fria.

Comments are closed.