Um Sikorsky S-70B Sea Hawk dispara um míssil anti-navio Penguin

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos anunciou que a Sikorsky foi contratada para fabricação de quatro helicópteros anti-submarinos S-70B Sea Hawk para a Marinha do Brasil, num negócio avaliado em US$ 163 milhões através do programa de Vendas Militares para Países Estrangeiros (FMS). O negócio poderá chegar a US$ 195 milhões se outros dois helicópteros do mesmo modelo forem confirmados. Estuda-se ainda a aquisição de outros seis helicópteros, podendo chegar a 12 novas aeronaves até 2015.

Os novos helicópteros S-70B Sea Hawk serão destacados para o esquadrão anti-submarino HS-1, e substituirão os atuais helicópteros embarcados Westland Lynx da Marinha do Brasil. As entregas dessas aeronaves deverão ocorrer em 2012.

O Brasil havia assinado uma carta de intenção de compra dessas aeronaves em 2008, após tomar a decisão de substituir seus quatro antigos helicópteros Agusta/Sikorsky SH-3D Sea King, que chegaram entre 1972 e 1996. Desde 2004 haviam participado da competição os seguintes modelos: AgustaWestland AW101, Eurocopter AS532SC, Kaman SH-2G Seasprite e Mil Mi-171, além do Sikorsky S-70B Sea Hawk, escolhido no ano de 2008.

Possivelmente esses novos helicópteros S-70B serão equipados com os mísseis anti-navio Penguin Mk 2 MOD 7, de um lote adquirido no final de 2008.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS