Super Tucano da Força Aérea Brasileira.

Avião monomotor carregava mais de 300 kg de droga.

A Força Aérea Brasileira (FAB) detectou, na segunda-feira (26), um avião carregado com cerca de 330 kg de cocaína que entrou em espaço aéreo brasileiro e foi acompanhado até uma pista clandestina, a sudeste do município de Jacareacanga, no Pará. A droga estava no avião monomotor PP-HAR que foi classificado como tráfego aéreo desconhecido por não ter apresentado plano de voo. A aeronave provavelmente veio da Bolívia.

A ação faz parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira, a Polícia Federal e órgãos de segurança pública.

A aeronave foi monitorada e sua última posição conhecida pelos órgãos de defesa aérea foi próxima ao Rio Crepori, afluente do Tapajós.

Duas aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano da FAB e um avião radar E-99 foram empregados para monitorar e efetuar a detecção do avião.

Após a confirmação da localização da aeronave em uma pista clandestina, a equipe da Polícia Federal foi transportada em uma aeronave da Secretaria de Segurança Pública do Mato Grosso para efetuar a abordagem em solo.


FONTE: Força Aérea Brasileira


NOTA DO EDITOR: Se com parcos recursos as Forças de Segurança já conseguem resultados expressivos (300 kg de cocaína deve doer no bolso do traficante), imagina se Brasília realmente investisse nas defesas das fronteiras…

14 COMENTÁRIOS

  1. Absurdo. Permitiram à aeronave pousar onde quis e os ocupantes fugirem para pilotarem outros aviões cocaleiros enquanto a PF embarcava em um avião do governo estadual para se deslocar ao local. É piada, pra que serve a Lei do Abate? Tão com peninha dos traficantes?

    • Ja conversei com vários colegas que são aviadores e a maioria é da opinião de que atirar em um Cessna desarmado é injustificável e não fariam isso, é a mesma coisa de um policial atirar em um suspeito desarmado pelas costas.
      Aqui na Bahia um policial atirou em uma moto que não parou na blitz e matou a garupa, uma garota de 16 anos desarmada com um tiro nas costas, está respondendo processo por homicídio doloso.

      • Por isso que o Brasil é essa piada! Se não tem coragem para apertar um gatilho, que vá trabalhar em outra aerea. Um piloto que não quer derrubar um avião carregado de cocaina é INUTIL!

        • A decisão do tiro de abate não cabe somente ao piloto. Existem procedimentos a serem seguidos desde a identificação, tiros de advertência caso a aeronave hostil não responda ao rádio e em último caso pode ser dada a ordem de abate. Com certeza se a ordem de abate for dada, os pilotos não hesitariam em fazê-lo.

          • O que WRStrobel disse foi sobre a mentalidade dos nossos pilotos, que é uma lastima! Na verdade espero que seja mentira, pq não será necessario apenas fazer uma limpa nos deputados corruptos, mas tambem nos militares.

            • Vc pode ter certeza que existem pilotos que adorariam atirar e tem pilotos que não atirariam, nem todos são a favor da pena de morte.
              Uma coisa é combater outra é executar a sangue frio alguem desarmado.
              Isso não é videogame.

  2. Com certeza se rolar mais investimento em pessoal, equipamento e tal as forças armadas vão atuar e apreender muito mais produtos ilícitos e ou ilegais, fora os bandidos que serão presos.

  3. É este tipo de ação que dá resultado, e é bem mais barato que deixar a criminalidade atingir resultados insuportáveis a população, pra depois ter que recorrer a intervenção federal com uso das mesmas forças armadas. Forças essas que aliás poderiam fazer muito mais pela segurança sem depender do governo, se fossem mais organizadas e menos hierárquicas…

    O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, informou na noite deste domingo (18) que o governo federal destinará mais de R$ 1 bilhão para a intervenção no Rio de Janeiro… O que aprendemos com isso? Neste país, políticos só fazem aquilo que pode ser visto pelos eleitores, não há planejamento a longo prazo na segurança pública e nem visão de sustentabilidade pois não se dá valor nem a educação e tão pouco a pesquisa científica.

    • Isso foi igual um arranhão, no lugar passaram mais 10 aviões! Se os EUA nos ano 80 pegavam toneladas e toneladas e não chegava nem a incomodar os traficantes, imagina 2 A-29 e um E-99…

  4. O Brasil se quisesse poderia fechar a fronteira seca completamente. Praticamente todas as armas e drogas vem dos nossos vizinhos latinos. É realmente uma pena.

    • Como se cortaram pela metade a já insuficiente verba do SISFRON ? Desde que foi lançado em 2013, este programa não avançou um único Km para além do projeto piloto. Brasil de Braços Abertos !!!!

    • Morei em Rondonia e conheço uma pequena parte da fronteira com a Bolívia e posso te afirmar que nem todo o EB fecharia completamente nossas fronteiras, é muita fronteira de selva.
      E onde não tem selva tem fronteiras abertas onde cidades são divididas, onde um lado da rua é Brasil e o outro lado da rua é o outro país.

      • Sim compreendo, posso ter sido muito abrangente. Mas com um certo empenho, continuidade de verbas, operações conjuntas com os países que fazem fronteira a coisa poderia mudar e muito.

  5. Precisamos de mais investimento em equipamento e pessoal nas áreas de fronteira. Algumas dessas pistas clandestinas poderiam inclusive servir de bases para uma atuação mais rápida das forças. Uma dessas pequenas bases com uma pequena tropa e um AH-2 Sabre de prontidão permitiriam uma rápida abordagem cobrindo uma maior aérea da selva.

Comments are closed.