Empresa do grupo empresarial da Air Europa é a primeira companhia aérea internacional a se constituir no País com 100% de capital estrangeiro.

A Diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou na tarde desta quarta-feira (22/5) a concessão de exploração de serviço regular de passageiros à Globalia Linhas Aéreas Ltda, grupo que administra a Air Europa. Trata-se da primeira aérea internacional a solicitar outorga para constituição de empresa com 100% de capital estrangeiro em operação regular de passageiros no país.

Com a aprovação, e após a emissão do Certificado de Operador Aéreo, a empresa poderá atuar também no mercado doméstico brasileiro. Hoje, a Air Europa já opera em rotas internacionais partindo e chegando no país, dos aeroportos de São Paulo (Guarulhos), Salvador e Recife para Madrid.

Publicada nesta quarta-feira (22/5), a concessão da empresa ocorreu na vigência da MP nº 863, que permite o investimento de até 100% de capital estrangeiro em empresas aéreas.

Para a autorização à Air Europa, o diretor da ANAC, Ricardo Botelho, disse que usará como referência a autorização de operador aéreo emitida pela autoridade da Espanha – e não o certificado concedido pela própria ANAC. Segundo o relator, os padrões exigidos pelos dois órgãos são semelhantes e nada impede que a Air Europa peça um certificado nacional à ANAC no futuro.

“A empresa tem que comprovar todas as necessidades, tem seguir um trâmite burocrático. Estamos aprovando apenas a entrada da empresa no Brasil. Ela ainda tem que fazer o plano de negócios dela”, explicou Botelho.

O diretor Juliano Alcântara Noman comemorou o processo e ressaltou que “o tempo era curto” para aprovação desse pedido. “Espero que essa seja a primeira de muitas (aéreas) que enxerguem o potencial do nosso mercado e um mercado seguro. E estou confiante de que o Senado vai ser capaz de aprovar a MP para que o ato de hoje possa acontecer a qualquer momento”, disse.

Anúncios

2 COMENTÁRIOS

  1. A concorrência é sempre saudável. Que tenhamos competitividade, que possamos ter bons serviços e preços compatíveis com o mercado internacional.

  2. Já viajei de Air Europa, começaram renovação da frota, uma empresa com bom serviço, com preços bem competitivos de passagem sem ser uma low-cost de fato.

Comments are closed.