UH-60 Black Hawk da FAB

O helicóptero H-60L Black Hawk atingiu na última semana de julho a marca de 30 mil horas de voo com a Força Aérea Brasileira.

A aeronave já foi empregada em diversas missões como reconhecimento armado, transporte aerologístico, busca e salvamento, infiltração e exfiltração de tropas, dentre outras.

O Chefe da Seção de Operações do Esquadrão Harpia (7º/8º GAV), Major Aviador Leonardo Ell Pereira, considera o número uma conquista para FAB. “Alcançar as 30 mil horas de voo é a materialização do cumprimento da missão, baseada na dedicação e no profissionalismo de todos os envolvidos”, comenta.

O Major Ell ainda destaca como o helicóptero coopera para a realização da missão da FAB. “Nesses 11 anos de operação do Black Hawk, a Aeronáutica, por meio de seus esquadrões aéreos, operadores deste robusto e eficaz vetor, salvou vidas, aliviou o sofrimento de muitas pessoas e, principalmente, cumpriu sua missão precípua, que é “manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional, com vistas a defesa da pátria”, revela.

O helicóptero utilitário, fabricado pela norte-americana Sikorsky Aircraft, é bimotor. Os motores apresentam a potência total de 3.680 hp e a aeronave possui velocidade de cruzeiro de 280 km/h. O H-60 tem autonomia de voo de 6h10min transportando uma carga de 1 tonelada.

A FAB possui 16 aeronaves sendo 8 atribuídas ao Esquadrão Harpia (Manaus) e 8 no Esquadrão Pantera (Santa Maria).


FONTE: Agência Força Aérea – por Aspirante Nara Lima – EDIÇÃO: CAVOK

 

 

16 COMENTÁRIOS

  1. Isso é helicóptero… O resto é resto…

    Fosse possível substituir toda a aviação de asa rotativa de porte mediano por ele, seria o ideal… Mas temo não ser possível…

    Mesmo sendo um helicóptero de DNA militar, é certo que isso tem seu preço em horas voadas… O EB, que já busca substituto para alguns seus atuais meios, provavelmente vai seguir caminho diferente, adotando coisa mais simples. Uma solução "caseira" poderia ser o H175, que está no portfólio da Helibrás e poderia substituir gradualmente os helicópteros médios atuais até posterior padronização…

  2. OFF* A MB tem que parar com isso, vai levar o continente a uma corrida armamentista! Deus nos ajude.

    Eu não acompanho muito, provavel eu estar falando besteira mas nos exercícios anteriores não lembro de uma embarcação alvo tão grande.