Pescadores encontraram peças do caça desaparecido há mais de um ano na Região dos Lagos do Rio, Rio de Janeiro.

Material foi encontrado na Praia de Ponta Negra, em Saquarema. A Marinha do Brasil confirmou na terça-feira (7) que duas peças do caça que estava desaparecido depois de um acidente ocorrido em julho de 2016, foram encontradas por pescadores na Praia de Ponta Negra.

Por meio de nota, a Marinha informou que as peças metálicas (duas partes do estabilizador vertical da aeronave) apresentam indícios de que teriam se desprendido da fuselagem do AF-1B. A análise realizada apontou que as peças estavam soltas no mar e que não foram retiradas da aeronave pela rede de pesca.

Em agosto do ano passado a Marinha confirmou que encontrou dois pneus do trem de pouso do caça. As peças foram encontradas nas praias de Monte Alto, em Arraial do Cabo, e do Peró, em Cabo Frio.

O acidente, uma colisão entre os dois aviões e conseqüente perda de uma das aeronaves, aconteceu durante um treinamento de ataque a alvos de superfície a 44 km da costa. As buscas pela aeronave e pelo piloto duraram 88 dias.

O piloto do A-4 que conseguiu retornar para a base de São Pedro da Aldeia não viu se o colega conseguiu se ejetar antes da queda. O Skyhawk não tinha GPS, apenas dois equipamentos de localização pessoal do piloto, que não tiveram o sinal detectado, de acordo com a Marinha.


FONTE: G1

 

Anúncios

15 COMENTÁRIOS

  1. Meu celular tem GPS.

    Se quiserem eu cautelo!

    É melhor investir em helicópteros robinson 22. Custa a partir de R$ 499 mil e faz 12 km/l.

    Esse país é uma vergonha completa.

    O Avião de Eduardo Campos caiu porque em 2014 o Brasil ainda usa sistema de auxílio ao pouso de 1940! Se chover ou a pista estiver sob nevoeiro o avião não pousa.

    Como pode um avião de caça da linha de frente da marinha cair e não se saber o local porque outro avião (que sobrou) não tem um sistema de navegação por GPS!

    Como os pilotos se orientam então? Torre de controle? Astrolábio?

    E ainda tem gente que fala que vida de militar é fácil.

    O cara entra no cockpit de um avião desses com 50% de probabilidade de cair, e se cair as chances são de 100% de não ser encontrado.

    #arrego

    • Há uma confusão entre GPS para navegar e sistema para emitir sinais de GPS para que a anv seja localizada.
      De qq forma, realmente, algumas coisas são vergonhosas…

  2. A Marinha ou a Força Aérea não dispõe de equipamentos detectores de anomalias magnéticas para ações anti-submarinos? Funcionariam para encontrar os restos de um A4 submerso? E era tão caro assim colocar um GPS nas aeronaves? Qualquer celular baratinho tem…

  3. Um projeto com mais de 50 anos "modernizados" por milhoes e nem sequer tem um GPS… q diabos de modernizaçao é essa??

    Os melhores dispositivos da Marinha para Busca e Salvamento sao as redes e as marés.

  4. Desde quando um GPS é item obrigatório para um avião de caça anos 70???
    Se o avião que estava acompanhando não era modernizado é bem provável que não tivesse GPS.
    Um avião militar pode voar diurno e noturno, VFR e IFR sem GPS, até a poucos anos o GPS era um item proibido de ser utilizado como meio principal de navegação, agora a nova geração acha que não se pode voar sem ele.

  5. Achei uma foto do modelo não modernizado, ele voava com um GPS manual de uso para lanchas e caminhadas que usava duas pilhas AA, adaptado no painel.
    É um modelo adaptado não autorizado e certificado para uso aeronautico com display de baixa resolução, que pode ser usado como fonte auxiliar para localização, mas não pode ser usado como fonte primária na navegação.
    . http://www.naval.com.br/blog/wp-content/uploads/2011/04/...
    .
    . https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:A
    .
    . http://www.lojautil.com.br/gps-garmin-map-76csx_135_prod...

  6. Mas que esse acidente tá mal contado isso tá. Como pode ? É um avião militar, morreu uma pessoa, e nada de investigar de achar o cara morto, de dar uma satisfação a sociedade. Nada. Onde é que nós estamos ?

  7. Se esse A4 já for dos modernizados, é, de fato, um absurdo não ter GPS.

Comments are closed.