Caça Gripen E, adquirido pelo FAB. (Foto: Saab)

Na manhã da quinta-feira (15/03), o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, recebeu, em seu Gabinete, a Senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) em uma visita institucional. A parlamentar é membro da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado Federal, local de proposição de questões afetas à área de defesa nacional, entre outras. Ela relembra que participou da exposição das três propostas, à época de escolha do novo caça da Força Aérea Brasileira (FAB), em que concorreram, além do sueco Gripen NG, o francês Rafale e o norte-americano F-18 Super Hornet.

Senadora Ana Amélia Lemos em visita institucional ao Comandante da Aeronáutica. (Foto: Sargento Bianca Viol)

“Mesmo sendo uma leiga no assunto, consegui perceber uma questão primordial na escolha do avião sueco: a transferência de tecnologia. Muitas vezes as pessoas não compreendem a importância da área de defesa no desenvolvimento tecnológico, mas precisamos pensar, por exemplo, que a Internet foi uma invenção militar que surgiu para a guerra. O Gripen será uma revolução”, disse a Senadora.

Ela também destacou que foi relatora de um acordo bilateral entre Brasil e Estados Unidos acerca dos usos pacíficos do espaço exterior. A aprovação do acordo vai viabilizar, por exemplo, um intercâmbio de estudos entre o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) – escola de engenharia da FAB – e a NASA, para pesquisa sobre a ionosfera.

Parlamentar é membro da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. (Foto: Sargento Bianca Viol)

Estiveram presentes no encontro membros do Alto-Comando da Aeronáutica e Oficiais-Generais. A visita foi promovida pela Assessoria Parlamentar e de Relações Institucionais do Comando da Aeronáutica (ASPAER).


Fonte: Agência Força Aérea, por Ten Gabrielli Dalla Vechi

Anúncios

15 COMENTÁRIOS

  1. "Revolução" só se for para o Brasil mesmo..
    Se vcs políticos fossem pessoas Serias está suposta "revolução" nós tínhamos vivido no inicio dos anos 90…..

  2. Eu gosto da Sen. Ana Amélia….

    Embora como a maioria dos políticos ela seja sem noção, seus discursos duros na tribuna do Senado reduziram à pó o Neurônio solitário (aquele que saudava a mandioca e estocava vento) e deixavam caladinha sua BFF Kátia "Motosserra" e os bandidos "Lindinho" e "Maria Louca"…

    • Também gosto e votei nessa senadora. Mesmo quando era jornalista da RBS, sempre tinha uma opinião bem dura.
      O que está achando da beatificação da Marielle na mídia?
      Para mim, é uma tragédia. Mas não acho nem mais, nem menos que todos os 60-70 mil assassinados por anos, assim como os 300 mil mortos por falta de condições hospitalares e falhas médicas, assim como os 47 mil mortos no trânsito de nossas estradas péssimas que estão se desmanchando. Para mim, ela é só mais uma gota em um mar de tragédias que se chama Brasil. Mas os outros coitados não são políticos parasitas do povo, por isso caem no esquecimento das frias estatísticas.

      • Ela não estava na lista da Odebrecht ao contrário do "lindinho", da "coxa" ou "amante", do "italiano" e principalmente do "amigo"…

        • Estava sim. Era a 'Vovó'. Junto com o 'Santo', o 'Mineirinho', o 'Careca' e muitas outras aves.
          Olha o sofisma!

          • Mais interessantes eram outros espécimes da lista como o "Italiano", o "passivo", a "coxa" ou "amante", e o "amigo"….

        • Com a palavra, a 'Vovó' da Odebrecht:

          Ana Amélia Lemos (PP) – “Em relação à lista de doações da empresa Odebrecht, veiculada pela imprensa nesta quarta-feira, esclareço que doações oriundas da empresa Braskem, subsidiária desse grupo e com atuação conhecida no Rio Grande do Sul, foram feitas ao Diretório Nacional do Partido Progressista, o qual repassou para a minha conta de campanha ao Senado, em 2010, parte desses recursos, da seguinte forma”, declarou, por meio de nota oficial.

          Está tudo bem. O partido repassa para ela e fica tudo ok.

          • Vamos aos fatos:

            – "Lindinho" foi condenado duas vezes por improbidade administrativa;

            – "Coxa" ou "amante" é Ré no STF;

            – "Passivo" teve a casa vasculhada pela PF

            – "Italiano" está preso;

            – "amigo" é sete vezes réu

            -Ana Amélia sequer é investigada.

  3. Em tempos de canibalização de peças de aeronaves não tenho nada a declarar!!!

  4. Ahh tá lembrei … Aquele avião que existe só nos sonhos … lembrei sim

  5. Se tivesse escolhido o F/A-18 já tínhamos até enjoado de vê-los voado pelo Brasil, mas como algum "inteligente" comprou um avião no PAPEL temos que ficar sonhando e especulando a respeito.

Comments are closed.