Presidente pretende negociar o KC-390 durante sua viagem para alguns países do Oriente Médio.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, visitará alguns países árabes a partir do sábado (26/10) e apresentará propostas na área militar, incluindo o novo avião de transporte multimissão KC-390 da Embraer.

A primeira visita é nos Emirados Árabes Unidos que atualmente opera um frota de quatro aeronaves C-130 Hercules. Embora o Hercules tenha uma capacidade um pouco maior de 33 toneladas de carga, o KC-390 com capacidade de 26 toneladas, é economicamente melhor, graças a sua velocidade e novos motores mais eficientes.

Além do C-130, os Emirados Árabes Unidos operam também uma frota de sete C-17 Globemaster III, com capacidade de até 75 toneladas de carga.

A Embraer acredita que a estratégia de compra do novo KC-390 significará uma complementaridade moderna junto aos aviões maiores, aumentando o potencial de venda.

O segundo país visitado é o que está atraindo mais interesse da comitiva brasileira, a Arábia Saudita. A nação com o terceiro maior orçamento militar do mundo e o segundo em investimentos na área de defesa, pouso uma frota de 33 aviões C-130 de transporte e 2 de reabastecimento.

A parceria econômica com os Estados Unidos pode ser um fator determinante, já que a Boeing possui parceria comercial com a Embraer para o avião de transporte KC-390.

A Arábia Saudita já opera 60 baterias do lançador de foguetes de alta saturação Astros-2, fabricado pela brasileira Avibrás.

Um terceiro país ainda será visitado, o Catar. O país possui vínculos políticos com o Irã e possui quatro C-130J Super Hercules, a versão mais recente do avisa de transporte da Lockheed. O Catar também possui o C-17 Globemaster III.

O KC-390 possui atualmente apenas dois pedidos confirmados: a Força Aérea Brasileira adquiriu 28 unidades por R$ 7,2 bilhões e Portugal adquiriu 5 aviões por R$ 3,7 bilhões.

Recentemente, o presidente da Ucrânia, Voldomir Zelenski, também demonstrou interesse na compra dos aviões KC-390 e Super Tucano.

Anúncios

7 COMENTÁRIOS