Os três últimos Boeing 777-200 da British Airways serão aposentados até 2020.

A British Airways está planejando aposentar seus três Boeing 777-200 remanescentes no último trimestre de 2020 e considerando adicionar mais Airbus A380.

Todos os três 777-200 básicos da subsidiária IAG têm 24 anos de idade e são operados pela empresa britânica desde que foram entregues à operadora pelo fabricante de aeronaves americana Boeing em 1995.

A British Airways atualmente opera seus Boeing 777-200 entre o Aeroporto Heathrow de Londres e o JFK de Nova York e a cidade de Boston na costa leste dos Estados Unidos, além do Aeroporto Internacional de Dubai e no Bahrain no Oriente Médio.

Além dos dois Boeing 777-200, a companhia de bandeira britânica tem 55 outras aeronaves 777 em sua frota (43 777-200ER, 12 777-300ER).

A British Airways opera atualmente uma frota de 12 A380.

A British Airways também considera a adição de mais Airbus A380-800 de segunda mão à sua grande frota de aeronaves, composta por 34 Boeing 747-400 e 12 Airbus A380, caso consiga um preço bom.

“O maior problema é o custo da reforma, que é bastante alto. Temos que ter certeza de que podemos fazer isso de maneira que valha a pena, e então será um tópico. Atualmente, temos doze A380 na frota da British Airways e posso imaginar dezoito. Mais seis Airbus A380 farão sentido”, disse o CEO do International Airlines Group, Willie Walsh, durante entrevista ao site Aero Telegraph.

Além dos 18 Airbus A350-1000, 18 Boeing 777-9 e 12 Boeing 787-10 encomendados, a frota widebody da companhia britânica também inclui 12 Boeing 787-8 e 17 Boeing 787-9.

Anúncios

SEM COMENTÁRIOS