A Bulgária adquiriu 8 caças F-16s dos EUA.

O Ministério da Defesa da Bulgária transferiu no dia 8 de agosto o valor de US$ 1,2 bilhão para a Agência de Cooperação de Segurança e Defesa dos Estados Unidos (DCSA) para aquisição dos oito caças Lockheed F-16 e equipamentos relacionados.

“Com este passo, a parte búlgara cumpriu o seu compromisso ao abrigo dos contratos celebrados no âmbito do projeto para a aquisição de um novo tipo de aeronave de combate para a Força Aérea Búlgara”, afirmou o ministério de defesa do país.

No mês passado, o governo deu o aval para o acordo pendente de aquisição dos 8 jatos F-16 (6 na versão de assento único e 2 de dois lugares) para substituir a frota envelhecida de jatos MiG-29 da Força Aérea Búlgara. As aeronaves estão programadas para serem entregues até 2023.

O acordo inclui o fornecimento de munições para os jatos, mísseis Sidewinder AIM 9? Block II e um sistema de rádio tático conjunto de distribuição de informações multifuncional (MIDS JTRS).

No dia 23 de julho, o presidente búlgaro, Rumen Radev, havia vetado o acordo do F-16.

“Devido ao procedimento legislativo encurtados, uma série de questões importantes, como preços, garantias, prazos de entrega, penalidades, indenizações e assim por diante, não ficaram claras”, disse Radev.

“O compromisso da República da Bulgária de obrigações, nos próximos anos, sem um consenso nacional e convicção nas condições mutuamente aceitáveis ??do tratado, é extremamente preocupante”, acrescentou na época o presidente.

Quatro dias depois, o Parlamento Búlgaro novamente aprovou a compra dos caças.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.