O helicóptero Mi-24 adquirido pelo lutador búlgaro Dinko Valev. (Foto: The Sun)

De acordo com os jornais The Daily Mail e The Sun, um “caçador de migrantes” búlgaro, Dinko Valev, de alguma forma conseguiu colocar as mãos em um helicóptero de ataque/transporte Mil Mi-24 ex-força aérea búlgara, e adicionou-o no seu pequeno arsenal de equipamentos militares, que também inclui um par de blindados de transporte pessoal (APCs).

Dinko Valev, junto a um de seus blindados de transporte.

Valev, um ex-lutador semi-profissional, fez manchetes na Europa visando formar pequenos grupos de habitantes búlgaros para perseguir imigrantes ilegais e, como ele chama, potenciais terroristas da Turquia. O governo búlgaro alegadamente o ajudou a adquirir os dois APCs apenas no ano passado, enquanto o ISIS colocou uma recompensa pela sua cabeça de US$ 50.000.

 

Não há nenhuma indicação que aponte para o status operacional do novo Mi-24 Hind de Valev, e não há nada que sugira que a aeronave esteja até mesmo viável para uso. No entanto, as fotos da aeronave mostram a torreta frontal do Hind ainda equipada com o canhão de quatro canos de 12,7 milímetros Gatling Yak-B, embora esses canos possam ser lacrados e os mecanismos internos removidos ou desativados. Também são visíveis na imagem dois pods lançadores de foguetes UB-32 vazios, anexadas na asa ao lado da porta da aeronave.

Imagens do interior do painel de comando.

Um vídeo curto também mostra dentro do cockpit frontal surpreendentemente limpo do Hind, embora o cockpit traseiro, onde os principais sistemas de controle de voo estão, não foi mostrado. Valev indica que ele usará este Hind para continuar suas atividades de “caça jihadista” a uma magnitude ainda maior do que antes. Como ele realmente conseguirá operar o Hind, armado ou mesmo em voo é uma questão completamente diferente.

Na verdade, não é tão difícil colocar as mãos em antigos equipamentos militares da era soviética, e a lista de opções de um comprador varia em qualquer lugar, desde caminhões utilitários desgastados até aviões de combate, e tudo mais no meio disso. Apenas no ano passado, o governo albanês colocou uma série de aviões de caça aposentados, ainda que competitivos, como parte de uma enorme redução de seu acervo militar. As propostas para as aeronaves, que incluiu uma variedade de MiG-15, MiG-17 e MiG-19, começaram por valores de US$ 8.600… significando que praticamente qualquer um poderia ter entrado no processo de licitação para pegar uma aeronave! Isso, é claro, não inclui certificação, operações, peças e custos de manutenção, mas isso ainda é pouco se pensar em ter um caça particular.

Quanto aos helicópteros, você pode até encontrar um Mil Mi-24 Hind através de uma série de sites on-line, criados por pequenas empresas que conseguiram um pedaço considerável de equipamentos militares fabricados pelo regime soviético durante e depois da queda da União Soviética, no início dos anos 90. Quando tornou-se insustentável para que os militares russos continuassem operando o grande número de aeronaves, tanques e veículos blindados acumulados durante a Guerra Fria, regimentos inteiros e elementos de tamanho de brigadas foram retirados de operação, seu hardware deixado para ferrugem e apodrecendo em aeródromos abandonados, vendidos em taxas pequenas para outros países, ou pirateados (às vezes ilegalmente) para compradores individuais. Em 2015, o site de leilão online eBay colocou um Mi-24 para venda, pedindo US$ 4 milhões. Aparentemente, tudo sobre esse particular Hind estava operacional, exceto por suas armas, que foram removidas.

Organizações como a Russian Military, baseada no Reino Unido, são outra opção para pessoas que buscam colocar as mãos em aviões, tanques e outros veículos militares soviéticos. Eles também ofereceram um Mil Mi-24 Hind no site, embora sem um preço listado oficialmente. Este helicóptero em particular foi desmilitarizado, possivelmente usado como suporte em alguns filmes, e deixado em um estado de desmontagem, embora aparentemente fosse totalmente capaz de ser remontado e voado. Não está claro se foi ou não vendido.


Fonte: TACAIRNET

5 COMENTÁRIOS