Snort-DemoEm 1988, um aviador naval realizou um notavel sobrevôo com seu F-14 Tomcat.

A impressionante imagem, e muitos do aficcionados e amantes da aviação, provavelmente irão lembrar da famosa cena de Top Gun (quando Maverick vibra a torre com o F-14 Tomcat durante um sobrevoo de alta velocidade):

Maverick: “Torre, aqui Ghostrider solicitando um sobrevôo”.

Torre: “Ghostrider negativo, o padrão está cheio.”

Goose: “Não, não, Mav…isso não é uma boa idéia.”

Maverick: “Gooseo, desculpe, mas é hora de zumbir a torre!”

Mas a verdadeira história por trás desta é bem diferente. Na verdade, esta foto foi tirada em 1988 do convoo do USS America (CV-66) e o piloto do F-14 Tomcat que realizou esta incrível passagem baixa e muito perto era Dale “Snort” Snodgrass, considerado o mais experiente piloto de Tomcat.

“Snort” foi o primeiro graduado da escola de voo a ser selecionado para a recém formada turma de pilotos dos novíssimos F-14. Dale se formou com primazia, sendo recompensado com o privilégio de ir buscar um novíssimo Tomcat na fábrica para entrega na costa oeste. Ele conta uma história interessante:

“Antes de chegar à Estação Naval Aérea (NAS – Naval Air Station) Miramar, eu e meu RIO (Radar Intercept Officer) fizemos uma parada técnica para reabastecer na Base da força aérea de Luke (AFB): “Nós vímos o pessoal da Força Aérea olhando de perto e com curiosidade o nosso Tom. Fomos o primeiro F-14 naquela enorme base. Um general veio saudar-nos na rampa de estacionamento. A base de Luke estava programada para receber os seus primeiros F-15 Eagles no dia seguinte. Naquela época, ninguém daquela base tinha voado um Eagle. Deixei-os ter a visão de um verdadeiro caça, ao melhor estilo da Marinha! O voo para Miramar era curto, por isso decolamos ao pôr do sol. Ao decolar com os pós queimadores totalmente acessos um controlador de partida, com espanto, entrou na fonia e perguntou qual o nosso tipo de aeronave, na qual o meu RIO respondeu: “Somos uma comedor de águias, baby…”

Na Marinha, Dale acumulou mais horas no F-14 do que qualquer outro piloto, com mais de 4.800 horas e mais de 1.200 pousos engachados em porta-aviões

Sobre a passagem baixa sobre o América USS, “Snort”, na época Diretor Executivo do VF-33 Starfighters, contou:

“Não é arriscado quando se tem prática…foi o meu passe para abrir uma demonstração tática do Tomcat. Comecei a partir do quarto traseiro de estibordo do navio, ou um pouco abaixo do nível do convés de voo. A velocidade do ar estava em cerca de 250 nós com as asas estendidas para a frente. Liguei o pós queimador cerca de ½ milha atrás e o avião acelerou para cerca de 325-330 nós. Quando me aproximei do navio, eu rolei em um ângulo de 85 graus, pegando 2 ou 3g, terminando cerca de 10 a 20 graus fora do eixo da nave. Foi uma manobra muito dramática e, na minha opinião, uma forma muito legal para começar uma demonstração ao pessoal do porta-aviões.”

A foto foi feita por um suboficial que estava no comando de Lançamento e Recuperação de Equipamentos.

Porém o que pouca gente sabe é que Dale já havia treinando a manobra no dia anterior e fica a pergunta: Qual terá sido a melhor? A clássica imagem que conhecemos ou a imagem abaixo, do treinamento? Julgue você…

Snort-practice-685x489
A título de curiosidade, o indivíduo com os braços atrás das costas é o Almirante Jay Johnson.

 

FONTE: The Avionist – Tradução e edição: CAVOK

Anúncios

17 COMENTÁRIOS

Comments are closed.